A Coca-Cola está sendo abandonada por Médicos e Nutricionistas

A Coca-Cola está tendo um Problema desconfortável, está sendo abandonada por Médicos e Nutricionistas.

Texto traduzido por Regiany Floriano. O original está aqui.

Em uma recente Conferência Nacional Academia de Pediatria – 2011
Está ficando desconfortável para as organizações que aceitam o dinheiro da Big Sugar (grandes indústrias alimentícias). Depois que foram de divulgadas as “doações” da Coca-Cola, esta está subitamente recebendo muito mais atenção:
Imagine que a Academia Americana de Pediatria – médicos que tratam crianças doentes – têm como seu maior patrocinador a Coca-Cola, o seu único patrocinador “gold”. Isto no meio de uma epidemia de obesidade infantil! A Coca-Cola investiu US $ 3 MILHÕES DE DÓLARES.
O resultado? Olhe para a foto acima. Isso são pediatras americanos em uma conferência nacional recente. Aparentemente muitos pediatras se opuseram a este patrocínio. A citação do artigo:
No Fórum Anual de Liderança da Academia em Março […] uma das duas principais resoluções prioritárias seria para a academia romper sua relação com a Coca-Cola.
“O propósito da academia, da qual sou um membro orgulhoso, é proteger a saúde e a vida das crianças”, disse o Dr. Arnold H. Matlin, um pediatra aposentado de Nova York, que redigiu a Resolução sobre a Coca-Cola. “A Coca-Cola é ruim para as crianças, e a A.A.P. nunca deve aceitar o patrocínio da Coca-Cola ou de qualquer outra empresa que fabrique bebidas adoçadas com açúcar. Isto é obsceno”.


O fim da obscenidade

Em seu benefício, a Academia de Pediatria está encerrando o patrocínio da Coca-Cola no final deste ano.
Hoje também foi relatado, através de e-mail para os seus membros, que a AND, a principal organização americana de nutricionistas, também está encerrando a colaboração Coca-Cola no final deste ano. Isto depois de 8 anos de ter recebido o “dinheiro de açúcar” e, estranhamente, permitindo que a Coca-Cola “educasse”seus membros.  A Coca-Cola nem mesmo estará presente na próxima conferência, que começa no domingo, parece mesmo que desligaram a tomada cedo.
Há uma informação que diz ter sido a Coca-Cola a encerrar os patrocínios, mas isso pode ser apenas uma manobra, uma tentativa de controlar os danos da Coca-Cola.

Estas duas grandes instituições que encerraram os patrocínios, podem ter iniciado uma corrida para rapidamente se afastarem do problema Coca-Cola. Mas isso não quer dizer que estarão livres por não receberem mais o “dinheiro de açúcar”. Isto agora vem com um custo enorme para a credibilidade de uma organização.

Antes

A Academia Americana de Médicos da Família também decidiu – no início deste ano  – a deixar de receber o “dinheiro de açúcar” da Coca-Cola no final deste ano (começaram a aceitar o dinheiro de açúcar em 2009).

Os próximos na fila?

Aqui estão mais quatro organizações que realmente deveriam repensar sobre o “dinheiro de açúcar”:
– A Faculdade Americana de Cardiologia – tirando dinheiro de açúcar desde 2010 (Facebook
– A Sociedade Americana do Câncer – recebendo dinheiro de açúcar desde 2010 (Facebook
– A Sociedade de Obesidade – tirando dinheiro de açúcar desde 2013 (Facebook
– O Colégio Americano de Medicina do Esporte – tirando dinheiro de açúcar desde 2010 (envie uma mensagem no Facebook
recentemente

“A Coca-Cola financia cientistas para desviar a culpa da obesidade bem longe das Bebidas açucaradas “

No Brasil: O Globo


Sugestões de livros sobre a Dieta Paleo – Low Carb? Veja aqui

Receba as novidades do Menos Rótulos por e-mail:
 
FeedBurner

 Siga MENOS RÓTULOS no Facebook e Instagram
 As informações contidas neste blog são relatos pessoais, ou artigos traduzidos com as devidas referências, não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer condição médica e não devem ser usadas como um substituto para o cuidado e orientação de um médico / nutricionista.
As informações contidas neste blog são relatos pessoais, ou artigos traduzidos com as devidas referências, não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer condição médica e não devem ser usadas como um substituto para o cuidado e orientação de um médico / nutricionista.

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *