Nunca deveríamos ter dito as pessoas que elas poderiam 'queimar' calorias



Conte seus passos. Vá para a academia. Use a bicicleta para ir trabalhar. Se você já tentou perder peso, sabe que é importante se movimentar. Mas, com toda a nossa ênfase em se exercitar para “queimar” o que comemos, os especialistas dizem que deixamos escapar o verdadeiro problema: O que nós comemos.

"Há um mito persistente de que você pode se exercitar para queimar suas calorias", disse Andy Bellatti, nutricionista e cofundador do Dietistas para Integridade Profissional, ao Business Insider.

Na realidade, tornar-se uma pessoa ativa é importante para seu humor e bem-estar geral, mas geralmente não resulta em perda de peso rápida. Por outro lado, mudar sua dieta pode ter sucesso.

As alterações dietéticas são especialmente importantes no início de qualquer novo plano de perda de peso, disse Bellatti, uma vez que as pessoas que estão tentando perder peso, dedicando horas por dia na prática de atividades físicas, podem ficar desanimadas quando não perdem peso magicamente. Em vez disso, é melhor se concentrar em fazer mudanças graduais em sua dieta, como comer mais vegetais e reduzir os carboidratos refinados.

Uma grande revisão recente de estudos envolvendo mais de 3.000 adultos obesos que perderam peso em uma dieta com baixas calorias, comparou o quão bem eles conseguiram mantê-lo depois que eles seguiram um novo plano de alimentação ou começaram a se exercitar regularmente. Enquanto permanentemente ajustando suas dietas pareceu ajudar a manter a perda de peso, "não foram observadas melhorias significativas pelos... exercícios", escreveram.

Uma razão pela qual a dieta pode desempenhar um papel tão forte na perda de peso, é que o exercício queima muito menos calorias do que a maioria das pessoas pensa, disse Philip Stanforth, professor de Ciência do Exercício na Universidade do Texas e diretor executivo do Fitness Institute of Texas. Isto é especialmente verdadeiro quando comparado ao alto conteúdo calórico de muitos alimentos processados, como hambúrgueres, batatas fritas e shakes. Muitas refeições clássicas de fast food podem somar milhares de calorias, às vezes excedendo o valor que a maioria dos adultos precisa em um dia.

"Pensando na prática, imagine que você teria que caminhar 56 quilômetros [cerca de 2,6 vezes o comprimento de Manhattan] para queimar 3.500 calorias", disse Stanforth. "Isso é uma longa caminhada".
Isso não quer dizer que o exercício não seja importante.

Outra grande revisão de estudos que incluiu mais de 1.000 adultos sugeriu que, a longo prazo (um ano ou mais), proporcionar às pessoas um plano de perda de peso que combine um regime de alimentação saudável e exercícios regulares, ajudou as pessoas a perder mais peso do que só a dieta ou só exercícios.

Muitas pesquisas recentes também sugerem que quando se trata do cérebro, o exercício aeróbico pode ser a droga maravilhosa que procuramos há muito tempo. Não só os exercícios suados foram associados com o impulso do seu humor, mas também mostraram proteger contra o declínio relacionado à idade e podem até melhorar a memória.

"Embora o exercício não seja a chave para a perda de peso, é importante para a saúde em geral, especialmente para a saúde mental", disse Bellatti.

Fonte: Business Insider

Leia também:





Sugestões de livros sobre a Dieta Paleo - Low Carb? Veja aqui
 Siga MENOS RÓTULOS no Facebook e Instagram
 As informações contidas neste blog são relatos pessoais, ou artigos traduzidos com as devidas referências, não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer condição médica e não devem ser usadas como um substituto para o cuidado e orientação de um médico / nutricionista.