Substitutos saudáveis?


Por Nina Teicholz


As diretrizes nutricionais do governo e as colunas de conselhos das revistas têm promovido há muito tempo substitutos saudáveis para os alimentos diários. Indústrias inteiras foram construídas em torno de alimentos alternativos, que pretendem fazer nos sentirmos melhor e viver por mais tempo. Mas em muitos casos, a escolha mais saudável é renunciar aos substitutos "saudáveis".

Considere o omelete de claras de ovos. Por décadas fomos orientados a evitar as gemas e limitar o consumo de colesterol para ajudar a proteger contra doenças cardíacas. No entanto, em 2015, as diretrizes dietéticas norte-americanas diminuíram o limite diário de colesterol. Acontece que estudos desde a década de 1950 descobriram que o colesterol da dieta tem pouco efeito significativo sobre o colesterol no sangue. Uma pena por todos aqueles deliciosos omeletes que nunca pudemos comer. E mais sério, todas as vitaminas que perdemos - as gemas são muito mais ricas em nutrientes do que as claras, com grandes quantidades de biotina, colina e luteína.

É a mesma estória com os alimentos de baixo teor de gordura: Durante décadas nós comemos despreocupadamente biscoitos e pretzels com baixo teor de gordura, exatamente como a American Heart Association recomendou. No entanto, os profissionais da saúde já não recomendam um limite de gordura total - não são mais baseados em fatos, ao que parece. Uma dieta de baixo teor de gordura está agora "associada com dislipidemia", de acordo com o Comité Consultivo Federal Dietary Guidelines, o que significa que está ligada à doença cardíaca. Ups! Olá, guacamole.

Xarope de agave, também, pode fazer o mesmo. O agave é comercializado como um adoçante natural porque vem de uma planta. Mas o mesmo acontece com o açúcar - da cana-de-açúcar ou das beterrabas. E ambos os adoçantes são uma combinação de glicose e frutose. Acontece com o agave ter muito mais frutose, o que está diretamente envolvido na doença hepática gordurosa.

E o leite de soja? É extraído da soja sob pressão, calor e o hexano, um solvente. A mistura rançosa resultante deve ser vaporizada para eliminar os maus odores, branqueada para remover a cor cinza e, em seguida, reforçada com edulcorantes, cores artificiais e vitaminas sintéticas. Não, obrigada!


Nina Teicholz é autora de  “The Big Fat Surprise: Why Butter, Meat and Cheese Belong in a Healthy Diet” ("A grande surpresa gorda: Por que manteiga, carne e queijo pertencem em uma dieta saudável").


Fonte: Washington Post. Tradução: Regiany Floriano

_______________


Sugestões de leitura:

Doença do fígado gorduroso ou como não fazer 'Foie Gras' em casa

A VERDADE SOBRE A GORDURA E O AÇÚCAR E FINALMENTE EXPLICADA

Quatro alimentos evitados por muito tempo, mas que na verdade são muito bons para a saúde!

Ovo não faz mal! Coma-o inteiro!

Anos de Conselhos Nutricionais Desastrosos para a Saúde




Sugestões de livros sobre a Dieta Paleo - Low Carb? Veja aqui

 Siga MENOS RÓTULOS no Facebook e Instagram
 As informações contidas neste blog são relatos pessoais, ou artigos traduzidos com as devidas referências, não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer condição médica e não devem ser usadas como um substituto para o cuidado e orientação de um médico / nutricionista.