Protetor solar natural


Apesar de termos ouvido constantemente nos últimos anos que o sol é prejudicial para a pele, precisamos saber sobre a importância da luz solar para a nossa saúde. O excesso de sol pode não ser uma coisa boa, mas não ter o suficiente pode ser ainda pior. Devemos ter contato com a luz solar diariamente, para entre outros benefícios, termos uma quantidade adequada de vitamina D circulante em nossos corpos. Expor o corpo ao sol do meio dia por 10 a 20 minutos, já é uma boa dose terapêutica de luz solar para a maioria das pessoas.


A VITAMINA D

A vitamina D na verdade é um hormônio muito importante para o organismo, é produzida pela pele em resposta à exposição à radiação ultravioleta da luz solar natural. Pessoas com a pele escura podem precisar de mais tempo de exposição à luz solar do que as pessoas de pele clara para gerar a mesma quantidade de vitamina D. Os raios solares que geram a vitamina D não atravessam o vidro e, por isto, o organismo não produz vitamina D quando estamos dentro de casa ou do carro.


A vitamina D é um poderoso “remédio” que o nosso corpo produz. Uma pesquisa com mais de 29 mil mulheres suecas que foram acompanhadas por 20 anos, revelou uma expectativa de vida mais longa entre as que tinham hábitos de exposição frequente ao sol, e isto foi relacionado a uma diminuição de doenças cardíacas e mortes por doenças não devidas ao câncer e não-cardíacas.


A vitamina D promove a absorção de cálcio pelo intestino e mantém os níveis adequados de cálcio e fosfato no sangue, protege contra a osteoporose, raquitismo e fraturas ósseas. É ela também que regula a função imunológica, o crescimento celular e a função neuromuscular. A deficiência de vitamina D tem sido associada com o aumento do risco de ataque cardíaco, câncer, diabetes, asma, e doenças auto-imunes. O sol também é um dos recursos naturais para evitar a depressão,


Logicamente a indústria de protetores solares não quer que as pessoas saibam da necessidade de exposição ao sol, pois isto causaria a queda nas vendas dos protetores solares. Mesmo os filtros solares fracos (FPS = 8) bloqueiam em 95% a capacidade do corpo de produzir vitamina D. O uso constante de protetores solares provoca deficiência crítica de vitamina D. Além disto, o uso dos protetores solares convencionais pode expor o organismo a uma grande quantidade de toxinas que podem ser mais prejudiciais que a exposição prolongada ao sol. 


PROTETOR SOLAR

O sol é nosso amigo, mas se o tempo de exposição ao sol for muito longo, uma proteção adicional poderá ser necessária para evitar queimaduras e o aparecimento de rugas antes da hora. Neste caso as roupas ou um bom protetor solar poderá ser um recurso. Se escolher usar um protetor, o ideal é que seja natural mineral, que é melhor do que os protetores solares químicos disponíveis, formulados com parabenos, oxibenzona, PABA e/ou derivados da vitamina A.

Um dos melhores ingredientes para um protetor solar é o óxido de zinco, que é estável à luz solar e pode proporcionar uma proteção maior contra os raios UVA do que o óxido de titânio ou qualquer outro produto químico protetor solar aprovado nos EUA. O óxido de zinco é um mineral branco em pó e tem a capacidade de refletir a luz e impedir a sua absorção. Recentemente o óxido de zinco foi inserido na lista de filtros UV autorizados para uso em cosméticos na União Europeia.

Por que usar o Óxido de Zinco Não-Nano e não micronizado? Porque suas partículas do pó de zinco são grandes o suficiente para ficar sobre a pele e exercer sua função de proteção solar sem serem absorvidas pela corrente sanguínea.

 Sabendo disto, que tal fazer um protetor solar em casa?


Protetor Solar com apenas 3 ingredientes!

Texto original: Coconut Mama - Tradução Regiany Floriano

Eu não uso protetor solar
Na verdade nunca precisei usar protetor solar por ser abençoada com uma pele que não queima ... nunca. MAS meus bebês herdaram a pele do seu pai e a loção de proteção solar tem sido necessária para minha família ocasionalmente. Eu evito produtos de cuidados do corpo por um monte de razões, mas principalmente quando eu não consigo pronunciar o nome da metade dos ingredientes listados. Uma simples pesquisa on-line ou uma olhada na lista de ingredientes de uma loção protetora solar, vai mostrar uma quantidade de produtos químicos difíceis de pronunciar, que os meus pequeninos não precisam de jeito nenhum.


Entre no óleo de coco.
O óleo de coco tem um FPS (fator de proteção solar) natural de 4-5 e contém antioxidantes que ajudam a proteger a pele da radiação nociva do sol. Um protetor solar natural! Obviamente que a baixa quantidade de FPS não é suficiente para um longo dia ao sol, por isso adicionamos óleo de semente de framboesa vermelha e óleos essenciais. O óleo de semente de framboesa vermelha tem um FPS de aproximadamente 25. O óxido de zinco (usamos o não-sintético) também é conhecido pela sua capacidade de proteger a pele dos raios UVA e UVB.



Receita de protetor solar de Óleo de Coco

Esta receita de protetor solar de óleo de coco é feita com 3 ingredientes todos naturais. Nenhum produto químico nocivo é necessário!

Ingredientes:


1/2 copo de óleo de coco virgem
2 colheres de sopa de óxido de zinco
1 colher de sopa de óleo de semente de framboesa vermelha
Opcional: 10 Gotas Óleos Essenciais (eu usei de cenoura e lavanda)


Instruções:


Bater o óleo de coco em uma batedeira ou processador de alimentos.
Cuidadosamente adicione o óxido de zinco (você deve ter cuidado para não inalar o pó), óleo de semente de framboesa vermelha e óleos essenciais.
Uma vez que os óleos e óxido de zinco estejam bem misturados, despeje a mistura em um frasco pequeno.


Notas:


Não há como saber exatamente qual o fator de proteção solar da sua loção, pois há informações variadas sobre o fator de proteção solar nos óleos de coco e óleos essenciais. Se você tem a pele clara que queima facilmente, você pode precisar adicionar mais óxido de zinco. Esta receita é apenas uma orientação. Por favor, teste a receita e altere para atender às necessidades da sua pele.










Sugestões de livros sobre a Dieta Paleo - Low Carb? Veja aqui

Saiba das novidades do Menos Rótulos por e-mail:
 
 Siga MENOS RÓTULOS no Facebook e Instagram

 As informações contidas neste blog são relatos pessoais, ou artigos traduzidos com as devidas referências, não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer condição médica e não devem ser usadas como um substituto para o cuidado e orientação de um médico / nutricionista.