Guia de A-Z das gorduras saturadas, insaturadas e trans para cozinhar

Este artigo vai te dar um guia de A-Z das gorduras alimentares. Além disso, diferencia as gorduras saturadas e insaturadas, assim como os méritos das opções mais comuns disponíveis nas prateleiras das lojas.


Os alimentos com maior teor de gordura estão se tornando populares ultimamente, e há uma grande variedade de escolha quando se trata de comprar um óleo para cozinhar.


Mas há várias considerações que você deve fazer antes de escolher, tais como se é saudável ou não, se é natural (ou processado), e se é ou não resistente à altas temperaturas de cozimento e rancificação.

Texto original do site Nutrition Advance. Traduzido por Regiany Floriano

Por Michael Joseph



A diferença entre as gorduras saturadas e insaturadas


É melhor usar as gorduras saturadas para cozinhar, uma vez que elas não têm dupla ligação na sua estrutura molecular. A gordura é saturada com hidrogênio entre os átomos de carbono, o que a deixa menos propensa a danos oxidativos. As gorduras saturadas são sólidas à temperatura ambiente.


A diferença entre as gorduras saturadas e insaturadas é bem simples de entender. Ao contrário da gordura saturada, uma gordura insaturada é aquela que tem pelo menos uma dupla ligação em sua estrutura. Em suma, uma definição de gordura insaturada é simplesmente aquela que não está totalmente saturada com hidrogênio.


As gorduras monoinsaturadas têm uma dupla ligação na sua estrutura. Elas também são relativamente resistentes à oxidação e tendem a ser elevadas em antioxidantes e polifenóis benéficos, o que as protege de danos. As gorduras monoinsaturadas são líquidas à temperatura ambiente.


As gorduras poli-insaturadas têm mais de uma ligação dupla na sua estrutura. De todas as gorduras, elas são as menos resistentes à oxidação. As gorduras poli-insaturadas também são líquidas à temperatura ambiente.


As gorduras trans são gorduras artificiais e são sólidas à temperatura ambiente. Elas são originalmente óleos vegetais que tiveram átomos de hidrogênio adicionados em um processo de hidrogenação. Quanto mais saturada com átomos de hidrogênio a gordura for, mais estável para ser armazenada tende a ser. Mas as gorduras trans têm impactos devastadores na nossa saúde e devem ser evitadas.


Agora, vamos ver as diferentes gorduras que podemos comprar nas lojas.


1 Óleo de abacate
Crescendo em popularidade, o óleo de abacate é um recém-chegado na lista dos óleos de cozinha. É uma gordura líquida à temperatura ambiente, e pode ser usado como tempero de salada ou para cozinhar.


O óleo de abacate é uma gordura saturada ou não saturada?


O óleo de abacate é predominantemente uma gordura insaturada (1).


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura saturada: 11,6 g


Gordura Monoinsaturada: 70,5 g


Gordura poli-insaturada: 13,5 g


É mais alta em gordura monoinsaturada e contém apenas uma pequena quantidade de gordura saturada e poli-insaturada. A gordura poli-insaturada é principalmente ômega-6.


O óleo de abacate é natural ou é altamente processado?


O óleo de abacate é uma gordura natural - apenas certifique-se de que no rótulo da garrafa esteja escrito “prensado a frio".


O óleo de abacate é seguro para cozinhar?


O óleo de abacate é seguro para cozinhar, mas idealmente você deve evitar usá-lo em altas temperaturas. Estudos têm demonstrado ser relativamente estável ao calor (2)


Algo mais?


Óleo de abacate é extremamente rico em vitamina E - um nutriente que muitas pessoas tem deficiência. É muito caro, por isso pode ser melhor optar por azeite que tem propriedades muito semelhantes.
2 Manteiga


Manteiga - é a segunda fonte mais saborosa de gordura nesta lista. Quem não ama manteiga? Infelizmente, como resultado da demonização de gorduras saturadas pela mídia e saúde pública, muitas pessoas desistiram e optaram pela amiga falsa da manteiga: a margarina.


Felizmente a manteiga agora está ressurgindo como um alimento saudável que adiciona muito sabor.


A manteiga é uma gordura saturada ou não saturada?


A manteiga é predominantemente uma gordura saturada (3).


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura Saturada: 51g


Gordura Monoinsaturada: 21g


Gordura poli-insaturada: 3g


A manteiga é muito rica em gordura saturada, contém quantidades razoáveis de gordura monoinsaturada e quantidade mínima de gordura poli-insaturada.


A manteiga é natural ou é altamente processada?


A manteiga é uma das gorduras mais naturais que você pode comprar. É apenas o creme de leite batido. O ideal seria uma manteiga proveniente de animais alimentados a pasto, pois tem um melhor perfil nutricional e uma melhor relação ômega 3-6.


A manteiga é segura para cozinhar?


Como uma gordura saturada, a manteiga é uma das gorduras mais estáveis sob calor que você pode usar para cozinhar. E deixa o alimento delicioso.


Algo mais?


A manteiga é naturalmente rica em vitaminas lipossolúveis e contém vários compostos benéficos, incluindo CLA (ácido linoleico conjugado) e vitamina K2.
Algumas manteiga provenientes de vacas alimentadas com grãos podem ter uma proporção não ideal de ácidos graxos, menos nutrientes e uma maior probabilidade de uso de antibióticos no manejo da vaca.
3 Óleo de coco


O óleo de coco é o garoto-propaganda do renascimento da gordura saturada. Evitado por anos, o óleo de coco agora é um alimento popular da saúde.


O óleo de coco é uma gordura saturada ou não saturada?


O óleo de coco é predominantemente uma gordura saturada (4).


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura Saturada: 87g


Gordura Monoinsaturada: 1,8 g


Gorduras poli-insaturadas: 6g


O óleo de coco é extremamente rico em gordura saturada, pobre em gordura monoinsaturada e contém uma quantidade minúscula de gordura poli-insaturada.


O óleo de coco é natural ou é altamente processado?


O óleo de coco está disponível em muitas formas. Tenha o cuidado de verificar o rótulo e procure "extra-virgem prensado a frio". O óleo de coco industrialmente refinado e até hidrogenado também estão disponíveis.


O óleo de coco é seguro para cozinhar?


A estabilidade térmica é a principal diferença entre as gorduras saturadas e insaturadas. Devido à quantidade extremamente elevada de gordura saturada no óleo de coco, é a gordura perfeita para cozimento sob altas temperaturas. Como resultado, a escolha do óleo de coco minimiza o risco de oxidação.


Algo mais?


Em estudos o óleo de coco demonstrou ter efeitos antibacterianos e também tem muitos usos diferentes, incluindo como um filtro solar natural.
4 - Óleo de Canola


Canola, também conhecido como óleo de colza, tem uma reputação saudável entre o público. Mas esta boa reputação é merecida?


A canola é uma gordura saturada ou não saturada?


A canola é predominantemente uma gordura monoinsaturada (5).


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura Saturada: 7g


Gordura Monoinsaturada: 63g


Gordura poli-insaturada: 28g


A canola é baixa em gordura saturada, rica em gordura monoinsaturada e contém uma quantidade razoável de gordura poli-insaturada.


A canola é natural ou é altamente processada?


O principal ponto controverso sobre a canola é o processamento. Apesar de ter uma reputação saudável entre o público em geral, muitos que se interessam por saúde e alimentação natural pensam o oposto. A razão é que a maioria da canola nas prateleiras dos mercados é ultra-processada em um processo de fabricação que faz uso de hexano.


Canola é segura para cozinhar?


Devido à maior quantidade de gordura poli-insaturada contida na canola, ela não deve ser usada para cozinhar.


Algo mais?


Não há nenhuma razão real usar a canola - a maioria é ultra-processada e é imprópria para cozinhar sob altas temperaturas.
A canola prensada a frio existe, mas com algumas questões de segurança, por isto não há razão para escolher ela e não o azeite que é uma fonte de gordura monoinsaturada com um grande corpo de evidências por trás dele.
5 - Óleo de Milho


O óleo de milho é um óleo vegetal muito barato e pode ser encontrado em uma variedade de alimentos processados, como a margarina.


O óleo de milho é uma gordura saturada ou não saturada?


O óleo de milho é predominantemente uma gordura poli-insaturada (6).


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura Saturada: 13g


Gordura Monoinsaturada: 28g


Gordura Poli-insaturada: 55g


Ao contrário das gorduras culinárias até agora, o óleo de milho é extremamente rico em gorduras poli-insaturadas. Tem uma quantidade moderada de gordura monoinsaturada e um pouco de gordura saturada.


O óleo de milho é natural ou é altamente processado?


O óleo de milho é um óleo vegetal ultra-processado, quimicamente extraído.


O óleo de milho é seguro para cozinhar?

O óleo do milho não deve ser considerado para cozinhar sob temperaturas elevadas porque é altamente suscetível à oxidação induzida pelo calor.


Algo mais?

Sim - não use. Não é seguro para cozinhar e contém uma enorme quantidade de ômega-6. O uso regular de óleo de milho afetará severamente sua relação de ômega 3-6.
6 Óleo de semente de algodão


O óleo de semente de algodão é outra fonte ultra processada e barata de óleo vegetal. Ele pode ser encontrado em uma ampla gama de alimentos processados.


O óleo de algodão é uma gordura saturada ou não saturada?


O óleo de algodão é predominantemente uma gordura poli-insaturada (6).


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura Saturada: 26g


Gordura Monoinsaturada: 18g


Gordura poli-insaturada: 52g


A semente de algodão, como outros óleos vegetais, é rica em gorduras poli-insaturadas - principalmente ômega-6. Contém uma quantidade moderada de gordura saturada e monoinsaturada.


O óleo de algodão é natural ou é altamente processado?


O óleo de algodão está longe de ser natural. É um subproduto da cultura de algodão e é conhecido por conter vários materiais nocivos (7).


O óleo de milho é seguro para cozinhar?


O óleo de semente de algodão, como todos os óleos vegetais, é extremamente vulnerável à oxidação.


Algo mais?


Evite. Contém ingredientes prejudiciais, enormes quantidades de ômega-6, e não é adequado para o aquecimento. Uma maneira fácil de evitar o óleo de algodão é não comer alimentos processados.
7 Óleo de linhaça


Óleo de semente de linho, também conhecido como Linhaça, é produzido a partir da planta do linho.
Pode ser produzido naturalmente por prensagem a frio, ou por extração com solvente.
Eu não deveria considerar isso como um óleo de cozinha, mas depois de ver receitas online, eu pensei que seria uma boa ideia incluir nesta lista como um alerta (veja abaixo).


O óleo de linhaça é uma gordura saturada ou não saturada?


O óleo de linhaça é predominantemente uma gordura poliinsaturada (8). No entanto, ao contrário dos óleos vegetais, essa gordura é principalmente de ômega-3 ao invés de ômega-6.


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura Saturada: 9g


Gordura Monoinsaturada: 18g


Gorduras poli-insaturadas: 68g


Destes 68g de gordura poli-insaturada, 55g correspondem ao ômega-3.


O óleo de linhaça é natural ou é altamente processado?


Depende se você comprar um óleo prensado a frio ou um que passou por um processo de extração à base de solventes durante a fabricação.


O óleo de linhaça é seguro para cozinhar?


Definitivamente não. Nunca cozinhe com este óleo - é extremamente elevado em ômega-3, que é altamente propenso à oxidação.


Algo mais?


A linhaça serve bem como um tempero de salada ou para uso em alimentos frios. No entanto, eu não compraria. Os efeitos documentados do óleo de peixe são muito melhores do que a linhaça (9).
8 Ghee


Se você leu tudo até agora, você percebeu que eu chamei a manteiga de minha segunda gordura favorita para cozinhar. Bem, aqui está o minha primeira - a ghee. A ghee é basicamente manteiga, mas uma forma mais concentrada de gordura láctea. A maior parte da umidade e dos sólidos do leite foram removidos.


A ghee é uma gordura saturada ou não saturada?


Ghee, é como se fosse a prima da manteiga, é predominantemente gordura saturada (10).


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura Saturada: 51g


Gordura Monoinsaturada: 21g


Gordura poli-insaturada: 3g


Ghee é natural ou é altamente processada?


Ghee é produzida pelo aquecimento suave da manteiga para reduzir a umidade, e filtrar os sólidos de leite da manteiga. É uma gordura natural e tem uma cor amarela bonita.


Ghee é segura para cozinhar?


Sim - é uma gordura altamente saturada e é ótima para cozinhar.


Algo mais?


Se você nunca experimentou a ghee, vá e experimente. Tem gosto de manteiga, só que melhor. E se você gosta de comida indiana - é um ingrediente essencial para fazer um curry indiano tradicional.
9 Óleo de semente de uva


Semelhante ao óleo de canola, o óleo de semente de uva é outro que tem uma imagem relativamente saudável com o público.


O óleo de semente de uva é uma gordura saturada ou não saturada?


O óleo de semente de uva é uma gordura insaturada, predominantemente de ácidos graxos poliinsaturados ômega-6. (11).


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura Saturada: 10g


Gordura Monoinsaturada: 16g


Gordura poli-insaturada: 70g


O óleo de semente de uva é natural ou é altamente processado?


Assim como com outros óleos vegetais (de sementes), o óleo de semente de uva é ultra-processado usando a extração à base de solventes. Não há nada saudável nisso.


O óleo de semente de uva é seguro para cozinhar?


Uma palavra: não.


Ele contém 70% de gordura poli-insaturada em peso, o que significa que a oxidação induzida pelo calor é provável por causa da sua instabilidade. Não é uma boa opção para cozinhar.


Algo mais?


Se você quiser um óleo líquido, fique com o azeite de oliva ou óleo de abacate, em vez deste lixo.
10 Banha


Banha: outra gordura que foi fortemente atacada ao longo das últimas décadas. É outra gordura que está voltando à moda. A banha é a gordura abdominal do porco clarificada e é sólida à temperatura ambiente.


A banha é uma gordura saturada ou não saturada?


A banha não é uma gordura saturada. Um equívoco comum no mundo da nutrição é que todas as gorduras animais são saturadas. Claro, a banha contém gordura saturada, mas a maior fonte de gordura é monoinsaturada. (12).


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura Saturada: 32g


Gordura Monoinsaturada: 41g


Gorduras poli-insaturadas: 11g


A banha é natural ou é altamente processada?


A banha é uma gordura natural, é a gordura suína clarificada.


A banha é segura para cozinhar?


Razoavelmente. Não é tão estável ao calor como o óleo de coco e a manteiga, mas é uma escolha muito melhor do que usar os óleos vegetais altamente instáveis.


Algo mais?


Tente preparar seus legumes na banha - isso os deixa com um gosto incrível, e fornece o benefício adicional da maior absorção das vitaminas lipossolúveis presente neles.
11 Óleo de Macadâmia


O óleo de macadâmia é relativamente incomum, mas pode ser encontrado em lojas especializadas em produtos saudáveis. Infelizmente, o preço provavelmente irá colocá-lo fora desta lista.


O óleo de macadâmia é uma gordura saturada ou não saturada?


O óleo de macadâmia é predominantemente uma gordura monoinsaturada.


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura saturada: 13,3 g


Gordura Monoinsaturada: 73,3 g


Gordura poli-insaturada: 6.7g


O óleo de macadâmia é natural ou é altamente processado?


O óleo de macadâmia tende a ser prensado a frio. É uma gordura natural, facilmente extraível da macadâmia.


O óleo de macadâmia é seguro para cozinhar?


Novamente, as gorduras monoinsaturadas são razoavelmente resistentes à oxidação pelo calor. No entanto, como afirmado anteriormente, as gorduras saturadas são melhores para cozinhar a altas temperaturas.


Algo mais?

Eu tive a chance de experimentar, e gostei muito - tem um sabor suave e cremoso. Parece  com manteiga mas não é. Uma salada saborosa e vinagre balsâmico podem fazer uma excelente combinação com este óleo.

Também vale a pena lembrar que o óleo de macadâmia tem uma relação quase perfeita 1: 1 de ômega-3 e 6, e nem todos os óleos tem isso.
12 Azeite de Oliva


Possivelmente o rei dos óleos saudáveis, o azeite tem o maior corpo de literatura que comprova os seus benefícios para a saúde. Escolha o azeite virgem extra se você puder. É mais fresco, mais saboroso, e tem mais benefícios para sua saúde.


O azeite é uma gordura saturada ou não saturada?


Muito semelhante ao óleo de abacate e macadâmia, o azeite é outra gordura predominantemente monoinsaturada (13).


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura Saturada: 14g


Gordura Monoinsaturada: 73g


Gorduras poli-insaturadas: 11g


O azeite é natural ou é altamente processado?


Tudo depende de qual você comprar. «Azeite extra virgem» é a designação que deve procurar. Azeites refinados também estão disponíveis.


O azeite é seguro para cozinhar?


O Azeite de oliva extra virgem é um daqueles raros alimentos que quase todo mundo defende os benefícios. Muitos afirmam que você só deve usá-lo para saladas e que ele se oxida no calor.

Mas isso é verdade, ou é apenas uma crença popular que se tornou aceita como fato?

Eu digo que agora as gorduras saturadas, como óleo de coco e manteiga são provavelmente a melhor escolha para cozinhar sob altas temperaturas, mas o azeite não fica atrás quando se trata de resistência oxidativa.
Vários estudos que examinaram esta questão chegaram a conclusões semelhantes:
Aquecido a 180 °C durante 36 horas, o azeite virgem extra só apresentou uma pequena quebra de compostos benéficos e "preservou a maioria das suas propriedades nutricionais" (14).


A resistência do azeite de oliva à oxidação foi comparada ao óleo vegetal rico em vitamina E. Ambos os óleos foram aquecidos por um período prolongado. Entre 24 e 27 horas para os azeites, e 15 horas para os óleos vegetais.

Os resultados mostraram que apesar de serem ricos em vitamina E, o óleo vegetal era altamente vulnerável à oxidação. No entanto, o azeite teve níveis reduzidos de oxidação e mais antioxidantes ainda presentes. Os autores concluíram que o azeite é "claramente resistente às condições de fritura" (15).

Então, se você for fritar algum alimento por 24 horas, talvez haja uma pequena oxidação. Mas vinte minutos de cozimento sob um calor médio? Eu acho que não tem com o que se preocupar.


Algo mais?


Note que nem todo o azeite é produzido de maneira semelhante.
Há uma grande diferença entre uma garrafa de qualidade e um azeite comercial barato.
13 Óleo de amendoim


A maioria das pessoas gosta de amendoim salgado e de manteiga de amendoim - mas o que acontece com o óleo de amendoim?


O óleo de amendoim é uma gordura saturada ou não saturada?


O óleo de amendoim é predominantemente uma gordura monoinsaturada. (16).


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura Saturada: 17g


Gordura Monoinsaturada: 46g


Gordura poli-insaturada: 32g


O óleo de amendoim é natural ou é altamente processado?


É possível obter óleo de amendoim prensado a frio, mas a maioria dos óleos nas lojas tende a ser refinado.


O óleo de amendoim é seguro para cozinhar?


Eu procurei em todas as pesquisas, e os estudos não são claros. Vários estudos têm sido feitos para tentar melhorar a sua resistência à oxidação com antioxidantes, o que já não é interessante para uso culinário. Além disso, é relativamente alto em gorduras poli-insaturadas, então eu não usaria isso para cozinhar.


Algo mais?

O óleo de amendoim pressionado a frio parece adequado para uso em pratos frios.
14 Óleo de Palma Vermelho 'Dendê' (e óleo de palma refinado)


O óleo de palma (azeite de dendê) tem muitas variedades - mas a sustentabilidade é um problema.


O óleo de palma vermelha é uma gordura saturada ou não saturada?


O óleo de palma vermelho é principalmente saturado. Mas por pouco, o teor de gordura monoinsaturada também é alto (-).


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura saturada: 49,3 g


Gordura Monoinsaturada: 37g


Gordura poli-insaturada: 9,3 g


O óleo de palma é natural ou altamente processado?


Isso depende da variedade de óleo de palma que você comprar. O óleo de palma vermelha (N.T.: azeite de dendê) é o que você quer se você estiver procurando um óleo natural, prensado a frio.
O óleo de palma refinado também está disponível e não tem a cor vermelha da variedade não refinada.


O óleo de palma vermelho realmente tem uma riqueza de benefícios para a saúde e é uma grande fonte de vitaminas A, E, K e CoQ10. Infelizmente, a variedade refinada perde grande parte destes benefícios durante a fase de refino.


O óleo de palma é seguro para cozinhar?


O óleo de palma é predominantemente composto de gordura saturada e monoinsaturada, conferindo um grau razoável de resistência ao cozimento sob calor elevado. O óleo de palma vermelha, contém vários antioxidantes que também contribuem para proteger contra a oxidação.


Todos os óleos de palma são uma melhor escolha do que os óleos refinados ricos em ômega-6 quando se trata de cozinhar, mas o óleo de palma vermelha é preferível devido ao seu maior perfil de nutrientes e ao fato de que é um óleo não refinado.


Algo mais?


A sustentabilidade é um grande problema quando se trata de óleo de palma. A colheita extensiva deste óleo teve um enorme impacto sobre o desmatamento e no habitat dos animais que vivem local. Procure o óleo de palma que tenha o certificado de sustentabilidade.
15 Óleo de Farelo de Arroz


Você sabia que também podemos obter óleo do farelo de arroz? Você pode!


O óleo de farelo de arroz é uma gordura saturada ou não saturada?


O óleo de farelo de arroz é uma gordura insaturada - e tem uma proporção semelhante de gorduras poli-insaturadas e monoinsaturadas. (17).


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura Saturada: 20g


Gordura Monoinsaturada: 39g


Gorduras poli-insaturadas: 35g


O óleo de farelo de arroz é natural ou é altamente processado?


A grande maioria dos óleos de farelo de arroz - certamente as garrafas que você encontrará nas lojas - são produzidos usando métodos de extração com solvente.


O óleo de farelo de arroz é seguro para cozinhar?


Eu ficaria longe do óleo de farelo de arroz para cozinhar - é alto em gorduras poliinsaturadas, e há muitos óleos de cozinha melhores disponíveis.


Algo mais?


Não o pior óleo do mundo, mas está longe de ser o melhor. Eu evitaria este óleo.
16 Óleo de Soja


O óleo mais comumente usado nos Estados Unidos, o óleo de soja é usado em quase tudo.


O óleo de soja é uma gordura saturada ou não-saturada?


A gordura primária no óleo de soja é gordura poli-insaturada. (18).


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura Saturada: 15g


Gordura Monoinsaturada: 11g


Gordura poli-insaturada: 45g


O óleo de soja é natural ou é altamente processado?


É possível encontrar o óleo prensado a frio, mas a grande maioria dos óleos de soja é extraído por solvente.


O óleo de soja é seguro para cozinhar?


Como mencionado anteriormente, há uma diferença entre as gorduras saturadas e insaturadas quando se trata de cozinhar. Óleo de soja é uma fonte enorme de ácidos graxos poliinsaturados e é uma terrível escolha para cozinhar.


Algo mais?


Óleo de soja é pouco saudável, é tem muita quantidade de ômega-6, o que irá prejudicar sua proporção de ômegas, e tem um monte de estudos negativos por trás dele. É também conhecido por ser "mais obesogênico e diabetogênico do que a frutose" (19)
17 Óleo de Girassol


Óleo de girassol é um óleo padrão para cozinhar feito a partir das sementes de girassol.


O óleo de girassol é uma gordura saturada ou não saturada?


O óleo de girassol é predominantemente gordura monoinsaturada, mas também é rico em gorduras poli-insaturadas (20).


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura Saturada: 13g


Gordura Monoinsaturada: 46g


Gordura poli-insaturada: 36g


O óleo de girassol é natural ou é altamente processado?


O óleo de girassol pode ser prensado a frio ou refinado.


O óleo de girassol é seguro para cozinhar?


Não - é muito rico em gordura poli-insaturada e suscetível à oxidação.


Algo mais?


Há uma versão Alto Oleico do óleo de girassol disponível. Se você encontrá-la, é muito melhor do que o óleo de girassol padrão. Mas é melhor ficar com o azeite.
18 Sebo


O sebo é uma gordura bovina processada.


O sebo é uma gordura saturada ou não saturada?


O sebo é predominantemente uma gordura saturada. (21).


Perfil de ácidos graxos por 100g:


Gordura Saturada: 50g


Gordura Monoinsaturada: 42g


Gordura poli-insaturada: 4g


O sebo é natural ou é altamente processado?


O sebo é perfeitamente natural, é apenas a gordura bovina fundida.


O sebo é seguro para cozinhar?


Devido às grandes quantidades de gordura saturada e monoinsaturada presentes no sebo, é uma sábia opção para cozinhar sob altas temperaturas.


Algo mais?


Faz literalmente qualquer coisa ficar gostosa.
19 Gorduras Trans


As gorduras trans são o tipo mais perigoso de gorduras no nosso abastecimento alimentar e devem ser evitadas.


Exemplos de gorduras trans são gordura hidrogenada e outras gorduras vegetais, margarina e uma variedade de alimentos embalados.


20 Algo mais?


Em suma, isso resume  praticamente todas as gorduras dietéticas que estão disponíveis para você. Como foi visto, há uma diferença entre as gorduras saturadas e insaturadas. Enquanto algumas gorduras insaturadas são muito saudáveis, é melhor escolher a gordura saturada para cozinhar sob altas temperaturas.


Outra coisa a mencionar é que quando as pessoas querem ganhar peso, muitos optam por comer grandes quantidades de carboidratos e acabam ganhando gordura corporal.


Por esta razão, adicionando gorduras extra saudáveis à nossa dieta pode ser uma boa maneira de ganhar peso de uma forma saudável.


A gordura desempenha uma função importante no corpo e ajuda a deixar o alimento com um gosto ótimo. Aproveite!

__________________


Outros artigos relacionados:

Óleos para cozinhar, os antigos é que sabiam a coisa certa!

A Banha está de volta!

Sebo é bom!

Ghee, o liquido dourado.

Passe a manteiga, os especialistas estavam todos errados.



Sugestões de livros sobre a Dieta Paleo - Low Carb? Veja aqui

Saiba das novidades do Menos Rótulos por e-mail:
 
 Siga MENOS RÓTULOS no Facebook e Instagram
 As informações contidas neste blog são relatos pessoais, ou artigos traduzidos com as devidas referências, não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer condição médica e não devem ser usadas como um substituto para o cuidado e orientação de um médico / nutricionista.