O que é a gordura da barriga e como você pode resolver isso?


Apesar deste artigo ainda recomendar "comer menos e se movimentar mais" para queimar a gordura corporal, e já sabemos porque isto não funciona, ele explica que a gordura visceral é uma das fontes de energia que o corpo recorre em uma situação de emergência, podendo ser consumida rapidamente.
Por isto quando começamos uma "dieta", percebemos uma pequena redução abdominal logo nos primeiros dias, mas se a "dieta" não for eficaz, esta gordura logo volta e às vezes em maior volume.

Uma alimentação com a redução dos carboidratos ajuda a queimar a gordura corporal e a garantir que este reservatório de energia esteja sempre vazio forçando o corpo a consumir as outras gordurinhas localizadas.



Artigo publicado no The Guardian e traduzido por Regiany Floriano

Visceral, ou entremeada, a gordura aderida aos nossos órgãos internos é bem desagradável e está ligada ao aumento do risco de doença cardíaca, acidente vascular cerebral e câncer. Mas há uma solução simples para eliminá-la.

Você sabia que algumas gorduras corporais são piores que outras? Quando eu era um cirurgião aprendiz, a gordura que estava no interior, depositada ao redor dos órgãos, era um amarelo reluzente, com um suprimento de sangue saudável. Mas esses depósitos internos de gordura agora são acusados de serem perigosos para a saúde. Como todas as coisas sinistras, elas estão sob vários nomes - visceral, intraperitonial, ativa ou gordura abdominal. E não estamos falando dos "pneuzinhos" que são os depósitos subcutâneos de gordura abaixo da nossa pele. A gordura visceral está associada a um maior risco de resistência à insulina e diabetes. Estes, por sua vez, aumentam o risco de derrames, doenças cardíacas e alguns tipos de câncer.


A solução

Não está completamente esclarecido como a gordura visceral faz o corpo ficar resistente à insulina (e, portanto, permitir que os níveis de glicose no sangue subam). Uma das teorias é que o fígado e os músculos se tornam menos sensíveis à insulina quando há níveis circulantes mais altos de ácidos graxos, o que ocorre quando você tem um depósito de gordura interno. Fredrik Karpe, professor de medicina metabólica do Centro de Diabetes, Endocrinologia e Metabolismo de Oxford, explica: "A gordura visceral é mais dinâmica. Se você não come, ela se reduz muito mais rapidamente do que os outros depósitos de gordura. Mas a gordura visceral faz algo desagradável. "Quadris e pernas acumulam gordura lentamente e também liberam lentamente. Mas Karpe aponta que, em termos do seu papel evolutivo, a gordura visceral gera um enorme fornecimento de energia a partir dos ácidos graxos quando é desesperadamente necessária. Mas, mesmo em nossas vidas mais sedentárias e com o aumento da ingestão de alimentos, liberamos os ácidos graxos, independentemente se precisamos deles para a energia ou não.


Se a nossa gordura corporal está distribuída em forma de maçã ou de pera, isto depende de como nossos genes são expressos, em vez de algum defeito de um gene. Karpe adverte que, assim como a diabetes, a gordura da barriga pode causar distúrbios do sono, pois é como dormir com uma bola de futebol dentro do seu abdômen. Isso empurra os pulmões para cima e pode interromper o sono.


A boa notícia é que a gordura visceral é tão dinâmica que você pode transformá-la. Você só tem que comer menos e exercitar mais - cerca de meia hora por dia de exercício vigoroso. Se você não consegue se exercitar sem comer mais, então, basta comer menos: você precisa ter um balanço energético negativo para derreter a sua barriga. Obviamente isso não é fácil. Mas há uma maneira bem fácil para ver se você tem um problema: medir sua cintura e depois os seus quadris (em torno do maior ponto) e dividir a cintura pelo quadril. Se o número resultante for maior do que 1,0 para homens ou 0,85 para mulheres, então você pode ter muita gordura. Você está dispensado das abdominais - tudo o que eles vão fazer é ajudar seus músculos abdominais a manter a gordura dentro da cavidade - mas você deve se esforçar para queimá-la de outras maneiras. Karpe é bem claro: "Ela é indesejável e você não pode ter nem um pouco dela".

_________________


Outros artigos relacionados:

IMC pode não ser um bom Indicador de Saúde


Porque as informações desatualizadas são culpadas pelo ganho de peso.

Insulina engorda, jejum emagrece

Pare de engordar, comece a emagrecer








Sugestões de livros sobre a Dieta Paleo - Low Carb? Veja aqui


Saiba das novidades do Menos Rótulos por e-mail:
 
 Siga MENOS RÓTULOS no Facebook e Instagram
 As informações contidas neste blog são relatos pessoais, ou artigos traduzidos com as devidas referências, não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer condição médica e não devem ser usadas como um substituto para o cuidado e orientação de um médico / nutricionista.