Regule o metabolismo do seu filho hoje e ele não terá que fazer dietas no futuro

Resultado de imagem
Tudo bem zombar do ‘corpo de papai’, mas quando se trata de crianças, a epidemia de obesidade infantil nos Estados Unidos não é tão engraçada quanto um homem gordo em um casaco apertado. Dr. David Ludwig dirige o Centro de Prevenção da Obesidade do Hospital Infantil de Boston e recentemente escreveu um livro chamado “Sempre com Fome” que fala sobre porque alguns corpos não conseguem encontrar o equilíbrio da gordura, não importa se eles estão tomando suco detox ou em um concurso para comer torta.


Dr. Ludwig tem o direito de estar preocupado com as crianças, pois ele próprio tem um menino de 7 anos de idade. Felizmente, ele também tem uma esposa que é chef de cozinha especialista em alimentos saudáveis. Então, o que aquela criança não está recebendo em doces e salgadinhos, provavelmente será recompensada com uma deliciosa vida útil.


Na casa de Ludwig, a gordura é vista sob um ângulo um pouco diferente: Não são os excessos que fazem as pessoas engordarem, é o processo ganho de peso que leva aos excessos.

Veja o que um dos maiores especialistas sobre o assunto pensa sobre a alimentação de sua própria família:


Sua família não precisa de menos calorias, ela precisa de calorias diferentes.

A gordura costumava ficar sob uma terrível censura - agora ela só fica como algo ruim. A ciência está se voltando para a ideia de que o bacon e manteiga possam fazer parte de um café da manhã equilibrado, porque as dietas com elevado teor de gordura mostraram ter algumas vantagens. "Quando você aumenta a sua ingestão de gordura, você desloca os carboidratos da sua dieta sem perder-los", diz de Ludwig, "Até o chocolate amargo (realmente escuro) é um alimento saudável".


Isso coloca uma infinidade de alimentos que você costumava pensar que estariam te matando, literalmente de volta na mesa. Nozes, manteigas de nozes / castanhas, manteiga  (não aquela porcaria você acreditou por um segundo que fosse manteiga), azeite de oliva, molhos encorpados e molhos para salada, mesmo cheios de gordura fazem parte do esquema. Não descarte algo baseando-se exclusivamente no seu teor de gordura, mas considere ler os ingredientes antes de abrir um potinho de molho Ranch.


*O Molho Ranch é um condimento feito a partir de combinação de manteiga, maionese, sal, alho, cebola, ervas (comumente cebolinha, salsa e endro) e especiarias (comumente pimenta e semente de mostarda), misturado com Creme de leite, maionese e iogurte.



Os alimentos com baixo teor de gordura fazem a sua Família engordar
Lembra da mania dos biscoitos sem gordura do final dos anos 90 (Snackwell-mania)? Esses biscoitos porcarias que todos pensavam que podiam comer uma caixa inteira? Dr. Luwig diz que esses tipos de alimentos com "baixo teor de gordura" que substituem a gordura pelo açúcar, elevam os níveis de insulina a patamares altos demais. "A insulina é como milagre do crescimento para suas células de gordura. Quando uma criança com diabetes tipo 1 vem para a consulta pela primeira vez, invariavelmente ela terá perdido peso. Dê-lhe insulina suficiente e ela volta ao normal. Muita insulina, e ela ganha peso. "Mas o pâncreas do seu filho é apenas uma parte do problema. A outra parte é uma dieta cheia de alimentos ricos em carboidratos que causam picos de insulina. Malditos salgadinhos de cheddar!"




É o seu corpo Versus a sua mente


Dr. de Ludwig diz que o seu corpo sabe bem como regular o seu peso. Se você forçar a alimentação as pessoas ganham peso num curto prazo, porém o seu metabolismo acelera e elas perdem o interesse na comida. O oposto acontece com as pessoas subnutridas. Elas perdem peso, o corpo fica com fome e o metabolismo fica mais lento. "A maioria de nós está destinado a perder a batalha entre a mente e o metabolismo," diz o Dr. de Ludwig. "O peso corporal é controlado mais pela biologia do que pela força de vontade a longo prazo".


Isso não significa que você pode comer o que quiser e que não importa - isso significa que a maneira que você altera a sua biologia e metabolismo tem menos a ver com o quanto você coloca pra dentro, e mais a ver com o que você coloca lá.



Mostre para a sua criança as regras dos brócolis


Dr Ludwig diz que a coisa mais importante que você pode fazer como pai-mãe é ser um modelo visual para refeições e lanches conscientes. "As crianças estão expostas a todos os tipos de influências pouco saudáveis, mas a casa é o reduto de proteção, onde as únicas influências são as saudáveis", diz ele. Deixe que os seus filhos te vejam comer mais cenouras, e menos bolo de cenoura.


Uma vez que eles te vejam comendo alimentos ricos em gordura, carboidratos naturais, frutas e legumes, eles vão aprender que nem tudo tem que ser coberto de creme para valer a pena uma mordida. Um comportamento alimentar bem modelado também induz que os seus filhos adotem hábitos mais saudáveis quando adultos.



Saudável em casa, Pizza nas Festas


Há uma razão pela qual as lanchonetes servem pizza e não tempeh*. E assim como doces, porcarias, e prazeres secretos são comidos fora de casa, você precisa ser muito cuidadoso(a) para transformar a sua casa num lugar onde as boas comidas habitam. Não compre uma tonelada de alimentos pré-embalados. Conduza a escolha para frutas e legumes em vez de biscoitos e cookies. Mas seja flexível, para que não lhe reste levar seus filhos diretamente para os braços daquele palhaço sádico de cabelos vermelhos, o criminoso do sanduíche e seus amigos roxos.

Dr. Ludwig diz que a obesidade é um problema crescente, e a única maneira de resolver é, começando com a família. "Esta geração de crianças está ficando mais pesada cada vez mais cedo. Não podemos esperar a indústria alimentar para cuidar de nossos filhos. Cabe aos pais dizer não", diz ele. "Só não diga não com a boca cheia de torresmo."



*Tempeh - alimento fermentado com um fungo do género Rhizopus, a partir de sementes de soja branca da Indonésia, com um aroma a nozes e uma textura densa e ligeiramente carnuda. Constitui um alimento forte, com um sabor mais intenso que outros derivados da soja.


Fonte: Fatherly, tradução: Regiany Floriano


_______________





Sugestões de livros sobre a Dieta Paleo - Low Carb? Veja aqui

Saiba das novidades do Menos Rótulos por e-mail:
   
 Siga MENOS RÓTULOS no Facebook e Instagram
 As informações contidas neste blog são relatos pessoais, ou artigos traduzidos com as devidas referências, não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer condição médica e não devem ser usadas como um substituto para o cuidado e orientação de um médico / nutricionista.