Acordei mais magra!!!

Uma pequena diferença no meu peso teve um impacto muito grande pra mim!

Mudei meu estilo de alimentação em agosto de 2014, ou seja, há mais de dois anos, e perdi uns 8 - 9 kg quilos (ainda não posso dizer que foram 10kg! rsrsrs). Entre muitos outros benefícios na saúde, senti grande melhora do humor e na qualidade do sono, muito mais disposição e uma mudança significativa no jeito como me vejo e vejo o mundo. Coisas que já descrevi aqui.

Já tinha emagrecido até onde achei que deu, pois estava “parada” nos 57-58 kg há meses (nove meses, para ser mais exata) e pensei que seria ali o meu “set point”, o peso no qual meu corpo estaria em equilíbrio, por isto estava mantendo minha rotina normal. É tão fácil seguir a Low Carb!

Me lembro de estar pesando 58kg pouco depois que casei, em 1998, e desde então o ponteiro da balança só foi subindo... Cheguei aos 67kg em 2014, quando meus filhos já estavam crescidinhos! Por isto, estar com 58kg já me deixava muito satisfeita. (Tenho 1,61m e mais de 40 anos).


A LOW CARB

Antes de conhecer a Low Carb, eu já tinha me conformado que aquele "corpitcho" que eu tive um dia, era coisa do passado e que só me restava me controlar o dia inteiro, todos os dias, pra não engordar mais. Coisa difícil... Já estava convicta que casar engorda, engravidar sempre engorda, e que envelhecer... é claro que engorda!

Tentava aumentar minha autoestima com cremes anti-idade, tratamentos para os cabelos, procedimentos estéticos e várias vezes pensei em fazer uma cirurgia estética! Mas hoje estes recursos não tem a mesma importância, pois agora a minha satisfação vem de dentro! Não preciso fazer nada no meu exterior para me sentir melhor, pois gosto de mim como estou. Cortei meu cabelo pra tirar o estrago das progressivas, e a lipo que eu quase fiz... ah, esta foi feita metabolicamente! Naturalmente!


O susto!

Não me peso mais com frequência, mas deixei um lembrete num aplicativo para eu registrar o peso uma vez por mês.

Então... um dia destes como sempre, pela manhã, me pesei... Hã?

Desci e subi novamente na balança pra ver se não algo estava errado. Marcou de novo: 56,6kg! 
Nooooossa! Meu peso de solteira!!! Não acredito! Uhuuuu!!!

Já descrevi minha jornada low carb no meu ANTES e DEPOIS, mas agora foi um “PLUS”, mudei de nível!

Levei um bom tempo pra publicar este post, queria ter certeza que a balança não estava com defeito (rsrsrs) ou que o peso não iria voltar ao patamar anterior. Mas não, hoje cedo estava pesando 56,1kg. Isto quer dizer que continuo emagrecendo!


Não sei bem exatamente o que fiz pra “destravar” o peso, pois como não estava visando emagrecer mais, só continuei me alimentando seguindo o meu estilo de alimentação Low Carb: escolhendo os alimentos certos, comendo só quando tenho fome; um dia eu como um monte, outro dia como só um pouquinho e assim vai... Quase tudo ao contrário do que aprendemos como uma “dieta equilibrada”.

Mesmo assim, tentei identificar as coisas diferentes que eu possa ter feito nestes últimos meses, que possam ter contribuído para esta descida na balança: Não sei se foi a redução dos derivados do leite (já evitava por conta da intolerância à lactose e evitei mais ainda); ou algumas bananas que voltei a comer nos dias de musculação (aumentei os carbos em alguns dias); ou a própria musculação que peguei mais pesado; ou o maior tempo entre as refeições (entre a última refeição de um dia e a primeira do dia seguinte = mais de 16 horas de intervalo).

Apesar de ser bem difundido entre os praticantes da low carb, apenas por 2 vezes experimentei esticar o jejum por até 23 horas e me senti muito bem! É muito bom conhecer meu corpo e saber que eu poderia seguir por mais tempo em jejum tranquilamente.

Isto tudo além do fato que me alimentando com menos carboidratos, o corpo continua queimando a gordura corporal em excesso. Acho que na verdade, foram todos estes fatores juntos que deram certo.

Que isto sirva como um incentivo pra quem está começando ou já está na Low Carb há mais tempo. É preciso entender que cada corpo reage de um jeito e que o peso “trava” mesmo fazendo tudo certinho.
Se você já está seguindo a Low Carb, não desista. O mais importante antes de tudo, é que a gente ganha mais saúde agora e para o futuro. A partir daí, mude uma coisinha ali, outra aqui, vai experimentando que... de repente, acontece!

Pra não ficar monótono, mudei o peso alvo no aplicativo para 55kg, o peso que eu tinha durante a faculdade, com meus 20 e poucos anos... Quanto tempo vou levar pra chegar lá? Não sei. Mas não tenho pressa. rsrsrs



Receba as novidades do Menos Rótulos por e-mail:
 
FeedBurner
Sugestões de livros e programas da Alimentação Paleo - Low Carb? Veja aqui

 Siga MENOS RÓTULOS no Facebook e Instagram

 As informações contidas neste blog são relatos pessoais, ou artigos traduzidos com as devidas referências, não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer condição médica e não devem ser usadas como um substituto para o cuidado e orientação de um médico / nutricionista.