Quatro alimentos evitados por muito tempo, mas que na verdade são muito bons para a saúde!

4 alimentos você pensou que eram prejudiciais, mas na verdade são bons para você, explica uma Nutricionista



Durante algumas gerações, fomos informados de que as gorduras são muito, muito ruins para nós e podem causar sérios problemas de saúde como a obesidade, doenças cardíacas e câncer.

Agora, estamos aprendendo que todas as recomendações sobre reduzir o teor de gordura eram tolice, e foram introduzidas sem provas ou considerações suficientes.

As gorduras ajudam a formar as nossas membranas celulares, oferecem uma rica fonte de energia, protegem o nosso sistema nervoso e participam da produção dos hormônios. Estou aqui para dizer-lhes que as gorduras saturadas não são inimigas - na verdade é o oposto: elas são carregadas com nutrientes que se fazem seus aliados.

Nos dias de hoje, alguns tipos de gorduras têm sofrido uma reabilitação pública e estão sendo recebidas de volta na alimentação, como o azeite de oliva e o abacate. (Outras, particularmente as gorduras animais, ainda são evitadas como coisas do mal).

Como nutricionista, muitas vezes me perguntam sobre as minhas gorduras saudáveis favoritas. Aqui estão quatro que eu amo, embora antes consideradas do mal, são realmente boas para você:


1. Ghee

Ghee, ou manteiga clarificada, é feita derretendo-se a manteiga em fogo brando até que os sólidos de proteína vão para o fundo e os açúcares sobem na forma de espuma. Depois de coar os açúcares lácteos e a proteína, você fica com os puros ácidos graxos de cadeia curta e média e, que são facilmente digeridos e absorvidos por nossos corpos para serem usados imediatamente como energia.

Os altos níveis de ácido butírico da ghee nutrem as células intestinais, e sua vitamina K2 é vital para a saúde dental. Além disso, a ghee contém o ácido linoleico conjugado (CLA), que contribui com a queima de gordura e pode proteger contra a placa arterial e diabetes.


Leia mais sobre a GHEE



2. ovos

O ovo é um alimento controverso no mundo da nutrição por causa dos perigos associados com a saúde cardiovascular. Mas pesquisas mostram que o consumo de ovos não necessariamente aumentam seus níveis de colesterol, aumentam o risco de doença cardiovascular, ou podem ser uma ameaça de morte.

Há uma série de razões para adicionar os ovos em sua dieta regular, se você puder. Eles são uma rica fonte de ácidos, proteínas anti-inflamatórias, ácidos graxos ômega-3, B12 nervo-solidário, e as carotenóides luteína e zeaxantina, que são essenciais para a saúde da retina. Além disso, os ovos são a fonte mais concentrada de colina, um nutriente essencial para a saúde do cérebro, o metabolismo, a sinalização celular e do sistema nervoso.



3. Óleo de coco

O óleo de coco é composto de gorduras de cadeia média, que são absorvidas imediatamente pelo corpo e utilizadas como energia em vez de ser armazenado na forma de gordura. Tem também propriedades antimicrobianas e antifúngicas. Alguns estudos constataram que o óleo de coco também pode nos ajudar a equilibrar o açúcar no sangue e na perda de peso. Uma nova pesquisa sugere que pode ter propriedades anti stress e antioxidantes também.

E o melhor de tudo, o óleo de coco é absolutamente delicioso! Eu uso em tudo: para cozinhar, assar, smoothies, bebidas quentes, produtos de higiene corporal, o que quiser. Eu sempre digo que você deve ter três frascos à mão - um em sua cozinha, um em seu banheiro e um no quarto (ele é um ótimo lubrificante).


4. sebo

O sebo é a gordura animal proveniente da carne bovina, e é rica em CLA (Ácido linoleico conjugado), que, como discutido, pode ajudar a reduzir a gordura. Ele também contém vitamina E e colina. E algumas evidências de estudos em animais sugerem que o CLA no sebo pode ajudar a proteger contra tumores.

Além disso, sendo uma gordura saturada, o sebo é mais estável e, portanto, pode ser mais seguro para cozinhar em fogo alto do que os óleos mais delicados. Os seguidores da Low Carb não costumam comer batata frita, mas li que a melhor batata frita é feita na gordura do sebo.

No geral, a coisa importante a lembrar sobre todas estas gorduras é que a qualidade importa. Você não consegue obter tantos benefícios para a saúde dos produtos de origem animal convencionais. A pesquisa mostra que a carne proveniente de animais alimentados com capim contém mais CLA, ômega-3 e antioxidantes; e os ovos caipiras contêm mais ômega-3 do que os de aves criadas em gaiolas. Então conheça os produtores locais para garantir que você esteja comprando produtos de alta qualidade, orgânicos, que venham de animais alimentados com capim!

Leia mais sobre o SEBO

O tamanho da porção também importa. Você não precisa devorar essas gorduras e óleos de uma só vez. Basta adicionar uma colher a seus smoothies, quando for dourar na frigideira ou quando for assar.

Quando paramos de temer a gordura o tempo todo, nos abrimos para a sua maravilhosa variedade de benefícios à saúde. 



Texto original aqui. Tradução: Regiany Floriano
__________________



Siga MENOS RÓTULOS no Facebook e Instagram

 As informações contidas neste blog são relatos pessoais, ou artigos traduzidos com as devidas referências, não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer condição médica e não devem ser usadas como um substituto para o cuidado e orientação de um médico / nutricionista.