Quem toma sol vive mais!




Uma nova pesquisa examina o paradoxo entre as mulheres que tomam banhos de sol e que tem maior probabilidade de viverem mais tempo, do que aquelas que evitam tomar sol, apesar dos banhistas terem um risco aumentado de desenvolver câncer de pele.

Texto original publicado no Science Daily, traduzido por Regiany Floriano

Uma análise de informações colhidas de 29,518 mulheres suecas que foram acompanhadas por 20 anos, revelou uma expectativa de vida mais longa entre as mulheres com hábitos de exposição frequente ao sol, que foi relacionada a uma diminuição da doença cardíaca e mortes por doenças não devidas ao câncer / não-cardíacas, fazendo com que a contribuição relativa de morte devido ao câncer aumentasse.

Se o efeito positivo da exposição ao sol, demonstrado neste estudo de observação, é mediado pela vitamina D, por outro mecanismo relacionado com as radiações UV, ou por polarização não mensurável, não pode ser determinado. Portanto, pesquisas adicionais serão necessárias.

"Descobrimos fumantes no grupo de maior exposição solar, que apresentavam um risco semelhante aos não-fumantes que evitavam a exposição ao sol, indicando que evitar a exposição ao sol pode ser um fator de risco da mesma magnitude que o tabagismo", disse Pelle Lindqvist, principal autor do Jornal de estudo Internal Medicine. "Orientações muito restritivas com relação à exposição solar, são mais prejudiciais do que benéficas para a Saúde”.


Aproveite o SOL!!!




Sugestões de livros e programas sobre a Dieta Paleo - Low Carb? Veja aqui



Saiba das novidades do Menos Rótulos por e-mail:



Siga MENOS RÓTULOS no Facebook e Instagram
 As informações contidas neste blog são relatos pessoais, ou artigos traduzidos com as devidas referências, não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer condição médica e não devem ser usadas como um substituto para o cuidado e orientação de um médico / nutricionista.