Aplicativo para saber a quantidade de o açúcar de um produto...



Um Aplicativo foi lançado na Inglaterra para identificar a quantidade de açúcar que determinado alimento industrializado contém.

Isto até seria interessante, mas... não seria mais lógico e muito mais saudável simplesmente não oferecer alimentos industrializados, carregados de açúcar para as crianças?

Muitos problemas como cáries dentárias e excesso de peso seriam reduzidos com este simples cuidado. As pessoas aprendem a usar a aplicativos mas se esquecem de cuidar da saúde...

Oferecer alimentos doces para as crianças não é a melhor forma de demonstrar carinho...




Crianças de quatro a 10 anos consomem “o equivalente a 5.500 cubos de açúcar por ano”.

(Texto original no link do título acima, tradução: Regiany Floriano)

Uma Campanha de saúde pública vem pedindo aos pais para reduzirem a ingestão de açúcar de suas crianças, afirmando que 22 kg anuais vem principalmente de refrigerantes, bolos, cereais e sucos.

Crianças com idade entre quatro e 10 anos consomem 22 kg de açúcar a cada ano, de acordo com uma campanha de saúde pública que está pedindo os pais para assumirem o controle da dieta de seus filhos.

22 kg equivalem a 5.500 cubos de açúcar - e refrigerantes, biscoitos, pães, bolos, cereais matinais, produtos de confeitaria, sucos de frutas, doces, tortas e pudins são os principais culpados.

Como parte de sua campanha "Smart Sugar", o movimento Change4Life lançou um aplicativo gratuito que permite às pessoas escanear o código de barras de um produto, para revelar a quantidade de açúcar que ele contém em cubos e gramas. Ele adverte que a obesidade e cárie dentária estão entre as consequências de crianças consumindo três vezes mais da substância do que deveriam.


Sugar Boy
On average, children consume three times more sugar than the maximum recommended amount.Let's get Sugar Smart - find out how here: http://po.st/SugarBoy
Posted by Change4Life on Segunda, 4 de janeiro de 2016


Dr Alison Tedstone, nutricionista-chefe de Saúde Pública da Inglaterra, disse: "As crianças estão comendo muito açúcar. Isso pode levar à cárie dentária dolorosa, ganho de peso e obesidade, o que também pode afetar o bem-estar das crianças, pois ficam mais propensas a serem provocadas (bullying), terem a auto-estima baixa e faltam à escola.

"As crianças com idades perto dos cinco anos não deveriam receber mais do que 19 gramas de açúcar por dia - que corresponde a cinco cubos, mas é muito fácil terem mais do que isto. Nosso aplicativo de fácil utilização irá ajudar aos pais a ver exatamente de onde o açúcar na dieta de seus filhos está vindo, para que eles possam fazer escolhas informadas sobre o que para reduzir".

O consumo máximo de adição de açúcar para jovens de sete a 10 anos é 24g, ou seis cubos de açúcar; para qualquer pessoa com mais de 11 anos de idade, é 30g ou sete cubos de açúcar.

Em julho passado, consultores oficiais de nutrição do Reino Unido afirmaram que o açúcar na dieta deve corresponder a não mais do que 5% das calorias diárias consumidas, metade do limite anterior recomendado.

A obesidade custa ao SNS 5,1 bilhões de libras por ano e se prevê que deva subir para 9.7 bilhões de libras em 2050, com as maiores despesas para a sociedade, estima-se alcançar 49.9 bilhões de libras por ano.


A campanha incluirá televisão, publicidade digital e externa, e cinco milhões de pacotes de Smart Sugar (açúcar inteligente) serão distribuídos aos alunos das escolas primárias e suas famílias através de escolas, autoridades locais e varejistas.
Siga MENOS RÓTULOS no Facebook e Instagram