A dieta que realmente funciona, comprovada cientificamente

Tomando Frozen Yogurt por que é light e engorda menos?
Humm... Está na hora de rever seus conceitos...



Artigo traduzido por Regiany Floriano. O original está aqui.


Por Tom Philpott | 2 Nov, 2015

Forzen Yogurt sem gordura : talvez seja o fim da linha.

O principio das dietas com baixo teor de gordura, além da grande quantidade de lixo processado pela indústria alimentar mascarados para te saciar, estão com o prazo de validade vencidos. Ao mesmo tempo que abolir os alimentos açucarados, também pode trazer melhoras imediatas na sua saúde.

Essas são as conclusões de dois estudos divulgados na semana passada. Sobre a gordura, uma equipe de pesquisadores de Harvard, vasculharam os bancos de dados procurando ensaios randomizados controlados - o padrão ouro da pesquisa alimentar – para comparar os efeitos da perda de peso nas dietas de baixa gordura com outros regimes, como a low-carb. Eles encontraram 53 estudos que preencheram seus rigorosos critérios.

O resultado, publicado na revista britânica The Lancet Diabetes & Endocrinology: dietas de baixo carboidrato "aumentaram significativamente a perda de peso" do que aquelas com pouca gordura. Pessoas que seguem dietas de baixa gordura tendem a perder uma pequena quantidade de peso em comparação com o grupo controle que não teve nenhuma mudança na dieta, mas cortar os carboidratos apresentou melhores resultados do que a redução de gordura na dieta. "A ciência não apoia dietas de baixa gordura como uma estratégia para perda de peso ideal a longo prazo", disse a autora principal Deirdre Tobias da Brigham e Hospital da Mulher e da Harvard Medical School, em um comunicado de imprensa.

O estudo marca a mais recente indicação de que o hábito de tomar um frozen yogurt (sorvete de iogurte) livre de gordura, provavelmente não está te fazendo nenhum favor por cortar sua ingestão de gordura. Mas uma sacudida açucarada pode estar fazendo mais mal do que você possa imaginar.

 Essa é a sugestão de um novo estudo, publicado na revista Obesity, por uma equipe liderada pelo crítico do açúcar de longa data, Robert Lustig, um endocrinologista pediátrico da Universidade da Califórnia em São Francisco.

Lustig é defensor da ideia de que as calorias não são todas iguais, especificamente quando os açúcares adicionados (em refrigerantes, alimentos processados, etc.) causam mais danos do que as mesmas quantidades de calorias provenientes de gorduras, amidos e carboidratos complexos. Para testar esta teoria, Lustig e seus colegas identificaram 43 crianças diagnosticadas com obesidade e síndrome metabólica, definidos como sendo um conjunto de condições associadas com a doença cardiovascular risco e diabetes tipo 2 - e ajustaram suas dietas.

Durante 10 dias, as crianças receberam refeições com quantidades calóricas equivalentes a suas dietas anteriores, mas todos os alimentos com adição de açúcares foram removidos e substituídos pelos amidos. A sua ingestão total de açúcar passou de 28 para 10 por cento (representando os alimentos naturalmente doces, como as frutas). Lustig resumiu os resultados em um artigo:

A pressão arterial diastólica diminuiu cinco pontos. Os níveis de gordura no sangue despencaram. Glicemia de jejum diminuiu em cinco pontos, a tolerância à glicose melhorou significativamente, os níveis de insulina caíram em 50%. Em outras palavras, doença metabólica foi revertertida em apenas 10 dias, mesmo comendo alimentos processados, simplesmente tirando o açúcar adicionado e substituindo por amido e sem alterar as calorias ou peso. Você pode imaginar como teria sido muito mais saudável se não tivéssemos dado a eles o amido?

É importante notar que os resultados são sugestivos, não conclusivos. Ao contrário do amontoado de estudos sobre as dietas de baixa gordura, o projeto de Lustig não incluiu um grupo controle.

Mas tanto o estudo de Harvard como o de Lustig, reforçam um consenso emergente de que a gordura não é necessariamente um diabo dietético, enquanto que degustar açúcar em níveis típicos dos Estados Unidos, pode ser exatamente isto. 

______________________________

Sugestões de livros sobre a Dieta Paleo - Low Carb? Veja aqui 



(não esqueça de confirmar a inscrição)

 Siga MENOS RÓTULOS no Facebook e Instagram

 As informações contidas neste blog são relatos pessoais, ou artigos traduzidos com as devidas referências, não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer condição médica e não devem ser usadas como um substituto para o cuidado e orientação de um médico / nutricionista.