Drogas para diabetes podem causar graves dores nas articulações, adverte o FDA.



"Um bom médico é o que se mantém atualizado. Se o seu médico não faz isto, troque de médico!"

Noticia veiculada no Jornal Americano NBC News, em 28 de agosto de 2015.
Tradução feita por Regiany Floriano. Texto original aqui.


Drogas para diabetes podem causar graves dores nas articulações, alerta o FDA.

Uma classe inteira de drogas do diabetes pode causar grave e incapacitante dor nas articulações, o FDA (Food and Drug Administration) advertiu pacientes na sexta-feira.

As drogas, que incluem Januvia, Onglyza, Tradjenta e Nesina, estão todos na mesma classe e trabalham, fazendo mais insulina disponível para o corpo. Januvia foi o primeiro aprovado nos EUA em 2006.

"O FDA dos EUA está alertando que os medicamentos para a diabetes tipo 2 Sitagliptina, Saxagliptina, Linagliptina, e Alogliptin podem causar dores nas articulações que podem ser graves e incapacitantes", disse a agência em um comunicado usando os nomes dos princípios ativos das drogas.

"Nós adicionamos um novo aviso e alertas sobre o risco nas bulas de todos os medicamentos desta classe de drogas, os agentes inibidores de uma enzima de controle da liberação de glicose para o sangue durante a digestão: a dipeptidil peptidase 4 (DPP-4).

Os fármacos já foram associados a alguns efeitos secundários potencialmente graves. Januvia, por exemplo, pode causar uma inflamação grave do pâncreas chamada pancreatite que não é apenas dolorosa, mas que pode ser mortal. Onglyza tem sido associado a um maior risco de insuficiência cardíaca.

"Os pacientes não devem parar de tomar o seu medicamento inibidor DPP-4, mas devem contatar o seu profissional de saúde imediatamente caso sintam dores articulares graves e persistente. Os profissionais de saúde devem considerar os inibidores DPP-4 como uma possível causa de dor articular severa e descontinuar a droga se for caso disso ", disse a FDA.

Estudos do banco de dados do FDA tem relatos de potenciais efeitos colaterais da droga. Estes efeitos colaterais podem ser causados por drogas, mas não sempre. A análise FDA sugere que as pessoas que tomam estes medicamentos específicos diabetes tem um risco maior de dor articular grave.

"Os pacientes começaram a ter sintomas desde o primeiro dia ou até anos depois de começarem a tomar um inibidor da DPP-4. Depois que os pacientes interromperam o suo do medicamento inibidor o DPP-4, seus sintomas são aliviados, geralmente em menos de um mês. Alguns pacientes desenvolvem dor articular grave novamente quando reiniciado o mesmo medicamento ou outro inibidor da DPP-4”, disse o FDA.



Curta MENOS RÓTULOS no Facebook