A Guerra infantil Low-Carb High-Fat



Um conselho que o professor Tim Noakes deu a uma mãe através do twitter, causou um alvoroço na África do Sul no ano passado. O motivo: as suas recomendações para o desmame seguindo uma alimentação rica em gorduras animais, proteínas, creme de leite integral, frutas e legumes, mas sem grãos, mingau e cereais.

Logo depois que Noakes respondeu, o presidente da Associação de Nutrição da África do Sul, Claire Julsing-Strydom, telefonou para a mãe e pediu a ela para ignorar seu conselho.


Artigo traduzido por Regiany Floriano. O original está aqui.aqui.


Em 4 de Junho de 2015, o Professor Timothy Noakes, professor emérito, co-autor de The Real Meal Revolution, (A Real Revolução da Comida ), cientista e fundador da Fundação Noakes, estava diante do Conselho de Profissionais de Saúde da África do Sul (HPCSA) para defender o seu  tweet onde aconselhou uma mãe a desmamar seu filho oferecendo alimentos de baixo carboidrato, com alto teor de gordura (LCHF).
O Diretor da “A Real Revolução da Comida” Jonno Proudfoot disse: "Apoiamos Prof Noakes em seu direito de liberdade de expressão (informar) e garantir que a informação esteja disponível para todos que dela necessitem. Há mais do que suficiente conhecimento científico por aí para apoiar uma dieta LCHF para as crianças, e a tentativa de silenciar Noakes não vai impedir os consumidores de tomarem suas próprias decisões, quando as informações estão disponíveis gratuitamente".


Banting é bom para crianças

Um relatório de 2014 da Força Tarefa Internacional da Obesidade estima que em todo o mundo mais de 200 milhões de crianças em idade escolar já estão com sobrepeso ou obesas.
A obesidade infantil não é simplesmente uma questão estética. As crianças obesas são mais propensas a se tornarem adultos obesos, com todos os riscos associados: diabetes tipo 2, hipertensão, síndrome metabólica, gota, câncer e demência (como descrito em A Real Revolução da Comida). Esta probabilidade é elevada principalmente se a obesidade ocorrer antes dos 10 anos de idade.

Há uma crença generalizada de que os carboidratos são essenciais para o crescimento de uma criança e, especialmente, para o desenvolvimento do cérebro. É também chamado de uma fonte de fibra alimentar e outros “nutrientes essenciais” embora nunca seja dito exatamente quais seriam esses nutrientes. Enquanto a saúde e a indústria cientifica estão bastante divididos sobre o tema, ainda há uma ideia que a LCHF signifique somente a restrição drástica de carboidratos (para níveis cetogênicos), quando na verdade a LCHF incorpora vários níveis de restrição de carboidratos em função das necessidades.

Alguns estudos têm mostrado que crianças e adolescentes com sobrepeso (6-18 anos de idade) que seguiram uma dieta LCHF, contendo menos de 60g de carboidratos por dia, perderam peso com sucesso, sem afetar negativamente os níveis de gordura e colesterol no sangue. Os autores sugerem que a redução de carboidratos na dieta pode ser um possível tratamento para a resistência à insulina em crianças e adolescentes.

De acordo com o livro prestes a ser lançado (em Setembro de 2015) de co-autoria de Tim Noakes, Jonno Proudfoot e Bridget Surtees: ”Raising Superheroes" (Criando Super Heróis): os três pilares fundamentais das recomendações para nutrição infantil são: eliminar (ou reduzir drasticamente) os açúcares e os carboidratos refinados da dieta e incluir alimentos reais, integrais e não transformados.

O Capítulo Ciência escrito por Noakes prossegue afirmando: "É importante lembrar que não existem carboidratos essenciais e que existem apenas três usos para os carboidratos no corpo humano. Eles podem ser armazenados como glicogênio - o equivalente humano ao amido vegetal - no fígado e nos músculos; ou eles podem ser usados ​​como energia de combustível; ou eles devem ser transformados em gordura. Não há outras alternativas."



"Um bebê que cresce não pode construir músculos e ossos a partir dos carboidratos, muito menos cérebros".

É fundamental que a nutrição seja a ideal nos primeiros 24 meses de vida, e é absolutamente essencial, neste momento, se concentrar nos alimentos e nutrientes que auxiliam o desenvolvimento do cérebro, especialmente as gorduras, vitaminas, ferro, iodo, cobre, zinco e selênio. A Associação Canadense Pediatria alterou suas diretrizes em 2014 apresentando uma redução dos alimentos à base de cereais durante o desmame, priorizando os alimentos mais nutritivos do que o mercantilismo – que é o ponto crucial do que Prof Noakes aconselhou.

Conclusão: "Nós investimos tempo, energia e dinheiro em pesquisas que serão divulgadas no livro “Criando Super-heróis” e os fatos mostram que precisamos de ter um olhar longo e duro sobre como estamos alimentando nossas crianças. Gostaríamos também de reiterar que todos os fundos a partir da venda dos livros serão revertidos para o trabalho que a Fundação Noakes faz em termos de pesquisa de nutrição vital."
_________________


"A HPCSA acusou o Professor Noakes de conduta não profissional ao dar "conselhos não convencionais" em uma rede social (Twitter), a uma mãe que estava amamentando. A acusação surgiu de um único tweet em fevereiro de 2014, quando Professor Noakes aconselhou uma mãe a introduzir seu bebê em uma dieta Low Carb High Fat (LCHF) - uma dieta essencialmente rica em gorduras saudáveis, proteínas e vegetais e reduzida em açúcares e grãos baseados em cereais.

A audiência iniciou-se em junho de 2015 e finalmente chegou a sua conclusão em abril de 2017 - os custos chegaram a dezenas de milhões para cada parte e fizeram manchetes como "a experimentação nutricional do século". A Fundação Noakes saudou o presidente do Comitê de Conduta Profissional, Joan Adams, por manter o nível máximo de imparcialidade e competência ao longo do inquérito."

Leia todo o texto em: Prof TIM NOAKES é inocente. Low Carb está aprovada!



Outros artigos interessantes:

Regule o metabolismo do seu filho hoje e ele não terá que fazer dietas no futuro


Ovos, o melhor café da manhã para as crianças, afirmam os cientistas

Low Carb para Crianças



Sugestões de livros sobre a Dieta Paleo - Low Carb? Veja aqui

Saiba das novidades do Menos Rótulos por e-mail:
 

 Siga MENOS RÓTULOS no Facebook e Instagram

 As informações contidas neste blog são relatos pessoais, ou artigos traduzidos com as devidas referências, não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer condição médica e não devem ser usadas como um substituto para o cuidado e orientação de um médico / nutricionista.