GORDURA NÃO TE FAZ ENGORDAR



A gordura foi vista como vilã da boa saúde por muitos anos, porém a diminuição do consumo de gordura, não diminuiu os problemas cardíacos, pelo contrário, outras doenças metabólicas tomaram conta da população, principalmente a ocidental.

O texto abaixo é um artigo do Dr Mark Hyman que eu traduzi. O original está aqui.


Se você está se sentindo completamente confuso se deve cortar a gordura da sua dieta, você não está sozinho. Mas aqui está a conclusão: a gordura não te faz engordar ou ficar doente.

Então, por que tantas pessoas acreditam que a gordura é ruim e faz com que ocorram ataques cardíacos? 

Isso tudo começou há décadas atrás com o Estudo dos Sete Países do Dr. Keys, que avaliava o risco cardíaco com base no estilo de vida e hábitos alimentares. Ele descobriu que, nos países onde as pessoas comiam mais gordura, especialmente a gordura saturada, houve mais casos de doença cardíaca, e concluiu que a gordura causou a doença. 

Mas aqui está o problema com este estudo: a correlação não é causalidade. Só porque tanto a ingestão de gordura e doenças cardíacas foram maiores entre a mesma população não significa que a doença cardíaca foi causada pelo consumo de gordura. 
Sob outro ponto de vista: Todos os dias, você acorda e o sol aparece, mas, embora esses eventos aconteçam ao mesmo tempo, o fato de você acordar não faz o sol nascer.
Um estudo observou uma correlação de 100% entre estes dois eventos, mas seria errado concluir que você fez o sol nascer. Por causa de estudos como este, que houve a confusão em acreditar que a gordura saturada cause doenças cardíacas. Mas, na verdade, o que estamos aprendendo agora é que o açúcar é o verdadeiro culpado, e não a gordura.

Uma revisão de toda a pesquisa em gordura saturada publicado no American Journal of Clinical Nutrition descobriu que não havia correlação entre gordura saturada e doenças cardíacas. E um recente editorial no British Journal of Medicine bateu no mesmo ponto e quebrou o mito de que a gordura cause obesidade e doenças cardíacas. 

Os pesquisadores descobriram que, mesmo sendo verdade que a redução de gordura saturada na dieta pode reduzir o colesterol total, realmente abaixa o tipo bom de colesterol, o leve, macio, LDL flutuante, que não é o problema.

Quando as pessoas comem menos gordura, tendem a comer mais amido ou açúcar, e isso realmente aumenta os seus níveis de colesterol perigoso, o colesterol pequeno, denso que provoca ataques cardíacos. Na verdade, estudos mostram que 75% das pessoas que acabam na sala de emergência com um ataque cardíaco têm níveis de colesterol total normais. O que eles têm é pré-diabetes ou diabetes tipo 2.

Então, qual é a conclusão aqui? Comer uma dieta com gordura e proteína de boa qualidade impede e até mesmo reverte diabetes e pré-diabetes (diabesidade). E comer açúcar e carboidratos refinados causa a diabesidade.

Então, eu te convido a olhar para a questão da gordura e o açúcar em uma maneira totalmente diferente. Não corte a gordura. Aproveite! Coma gorduras boas. 


Aqui estão as minhas fontes favoritas de gordura:
  • Abacates
  •  Nozes - nozes, amêndoas, nozes, macadâmia, mas não amendoim (um estudo recente mostrou um punhado de nozes por dia reduziu a morte por todas as causas em 20 por cento)
  •  Sementes - abóbora, gergelim, chia, cânhamo
  • Os peixes gordos, incluindo sardinha, cavala, arenque, salmão selvagem e que são ricos em gorduras omega-3
  • O azeite extra virgem (um grande estudo mostrou que aqueles que consumiram 1 litro por semana reduziram os riscos de ataques cardíacos em 30 por cento)

Desfrute de produtos de animais alimentados com capim ou de forma sustentável (eu recomendo o Guia do Comedor da Carne do Grupo de Trabalho do Meio Ambiente  para comer bons produtos de origem animal de qualidade que são boas para você e bom para o planeta).

Você também pode comer gordura saturada como manteiga de coco extra virgem, que é uma grande fonte de gordura saturada vegetal que tem muitos benefícios. Isto alimenta suas mitocôndrias, é anti-inflamatório, e não causa problemas com o colesterol. Na verdade, ele pode ajudar a resolvê-los. Tenho muitos pacientes diabéticos cuja saúde melhorou quando eu os coloquei numa dieta mais elevada em gordura.

Conversando com pesquisadores do Joslin Diabetes Center, eles me disseram que as recomendações de baixa gordura para diabéticos, promovidas pela Associação Americana de Diabetes, tem sido de fato prejudiciais, maus conselhos tornando a diabetes pior! Sua nova pesquisa mostra que os diabéticos devem mudar para uma dieta com cerca de 30% de gordura, 30% de proteína, e cerca de 40% de vegetais de baixo amido e frutas (carboidratos). O avesso do conselho anterior.

Então aqui está a mensagem para levar para casa: Gordura não lhe faz engordar. Açúcar te faz engordar. Comer gorduras boas pode realmente ajudá-lo a permanecer saudável. Então, coma gorduras de boa qualidade e de verdade, de alimentos frescos, e não se preocupe com isso.

Agora, eu gostaria de ouvir de você. Envie-nos seus comentários e compartilhe suas experiências. Como você percebeu que a gordura e açúcar afetam você? O que aconteceu com o seu colesterol quando você mudou sua dieta? Convido você a compartilhar este boletim com seus amigos e familiares no Facebook.




Alguns artigos interessantes:

6 GRÁFICOS QUE MOSTRAM COMO A GUERRA CONTRA A GORDURA FOI UM ERRO GIGANTESCO

Quantos carboidratos você deve comer por dia pra perder peso

Um guia de refeições Low Carb

Porque eu não conseguia emagrecer

Reaprendendo a comer GORDURA



Sugestões de livros e programas sobre a Dieta Paleo - Low Carb? Veja aqui

Receba as novidades do Menos Rótulos por e-mail:
   

 Siga MENOS RÓTULOS no Facebook e Instagram

 As informações contidas neste blog são relatos pessoais, ou artigos traduzidos com as devidas referências, não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer condição médica e não devem ser usadas como um substituto para o cuidado e orientação de um médico / nutricionista.