Como saber se você está tomando água suficiente

Água é vida! Precisamos de muita água, todos os dias.
Mas nem sempre nos hidratamos da forma adequada.
Como identificar os sinais que o corpo dá, sobre nossa situação hídrica?
Abaixo segue um artigo traduzido por mim.



Por Dr. Mercola

Ao longo de cada dia, seu corpo perde água através da urina e glândulas sudoríparas, mesmo quando você não está propositadamente trabalhando para suar. Como resultado, você tem que repor constantemente este fluido, e refrigerantes não contam para este requisito...

Café e refrigerantes são normalmente ricos em cafeína, que agem como um diurético que pode desidratar você. Pior ainda, refrigerantes, sucos de frutas e outras bebidas açucaradas são fontes primárias de frutose, o que só vai piorar sua sede.

O mesmo vale para bebidas adoçadas artificialmente. Portanto, a chave é beber água pura. Mas qual a quantidade de água que você precisa a cada dia? Enquanto uma diretriz muito repetida diz que você deve beber oito copos de água por dia, isso pode ser demais para alguns, e não o suficiente para os outros.

Sua exigência de água também pode variar muito de um dia para outro, dependendo de uma série de fatores, tais como o seu nível de atividade e as condições meteorológicas.

Felizmente, o seu corpo está equipado com um mecanismo que avisa quando você precisa reabastecer seu abastecimento de água. É chamado de sede. E há também uma maneira simples de avaliar se deve ou não você precisa beber mais água, mesmo que você não pode estar sentindo sede.


Como ler os sinais Das necessidades de água do seu corpo

Uma vez que seu corpo tenha perdido entre um a dois por cento do seu conteúdo total de água, ele vai sinalizar suas necessidades, fazendo você sentir sede. Usando a sede como um guia para saber o quanto de água você precisa beber, é uma boa maneira de garantir as suas necessidades individuais sejam atendidas, no dia-a-dia.

No entanto, no momento em que o seu mecanismo dispara a sede, você pode já estar um pouco desidratado. A maioria dos estudos mostra que cerca de 2/3 de nós está desidratado e precisa beber mais água.

Isto é particularmente verdadeiro para os idosos. Portanto, também é aconselhável aprender algumas das outras, mais sutis, sinais que seu corpo envia, indicando que você precisa beber mais água. Isso inclui:

Fadiga e / ou mudanças de humor
Fome mesmo que você tenha comido recentemente
Dores articulares ou a volta delas
Pele sem brilho, seco e / ou rugas pronunciadas.
Micção pouco frequente; escuro, urina concentrada, e / ou prisão de ventre.



A cor da sua urina é um importante marcador

Além de ouvir a sua sede, uma boa regra é olhar para a cor da sua urina. Você deve beber água o suficiente para transformar sua urina de cor amarela clara.
Urina de cor escura é sinal de que seus rins estão retendo líquidos, a fim de manter suas funções corporais, que inclui a desintoxicação. Como resultado, sua urina vai parecer altamente concentrada e de cor escura. Você também pode urinar com menos frequência, pelo mesmo motivo.
Desde que seu mecanismo de sede tende a se tornar menos eficiente com a idade, os adultos mais velhos precisam prestar atenção mais cuidadosa com a cor da sua urina para garantir a ingestão de água adequada.
Tenha em mente que a riboflavina (vitamina B2, que também é encontrado na maioria dos multivitamínicos) irá transformar a sua urina um amarelo brilhante, quase fluorescente. Então, se você está tomando suplementos contendo B2, pode ser mais difícil julgar pela cor da sua urina.
A frequência da micção também pode ser utilizado para avaliar a ingestão de água. Uma pessoa saudável urina em média, cerca de sete ou oito vezes por dia. Se a sua urina é escassa ou se você não tiver urinado em várias horas, que também é uma indicação de que você não está bebendo o suficiente.


Os sintomas da desidratação crônica

Os principais sintomas da desidratação são: sede, pele seca, urina de cor escura, e fadiga. Mas há também uma série de sintomas comumente negligenciados que podem sugerir que você esteja sofrendo de desidratação, mais ou menos crônica. Esses sintomas incluem:

- Distúrbios digestivos como azia e constipação
- Confusão e / ou ansiedade
- Infecções do trato urinário
 -Envelhecimento precoce
- Colesterol alto



A desidratação é um problema comum entre os idosos

De acordo com pesquisas recentes, um em cada cinco idosos não recebe água suficiente diariamente. Entre aqueles que não têm um cuidador, esse número é ainda maior, uma em quatro. E os idosos com demência são seis vezes mais propensos a estar desidratado.

Desidratação também tende a ser mais comum entre as pessoas que tomam mais medicamentos. De acordo com a BBC News: (2) “A análise dos atestados de óbito por parte do [UK] Office for National Statistics 2013 mostraram que 1.158 residentes do lar de cuidados sofreram mortes relacionadas com desidratação, entre 2003 e 2012.

Mas a Dr. [Lee] Hooper disse que esses fatos não eram claros pois pacientes deixam frequentemente de comer ou beber no fim da vida. Ela também enfatizou que, enquanto em seus lares, a situação poderia ser melhor, às vezes, mas era importante ressaltar que a identificação de desidratação e resolver suas causas é complexo.

"As razões para as pessoas mais velhas não bebem o suficiente são de que à medida que envelhecemos, perdemos nosso senso de sede para que eles podem não estar com sede. [Ou] decidem não beber por causa de problemas de incontinência, porque eles não têm tanto contato social ou por causa da fragilidade ou esquecimento.”



Por que eu não recomendo a água engarrafada

Ao beber água vai ajudar a eliminar as toxinas, quanto mais você bebe a água não filtrada, mais poluentes você está consumindo... Mais água da torneira contém uma série de contaminantes nocivos, incluindo o flúor, subprodutos de desinfecção, produtos químicos, radiação, metais pesados ​​e medicamentos. Além disso, tenha cuidado ao tomar banho em água não filtrada, como você pode facilmente absorver mais toxinas através da respiração em um chuveiro quente do que beber durante todo o dia a água da torneira.


No ano passado, cientistas federais relataram achado de vestígios de 18 contaminantes não regulamentados em um terço das amostras de água(3), coletadas em 25 serviços públicos municipais em todos os EUA, incluindo compostos perfluorados como PFOA. Portanto, além de ter certeza que você está bebendo o suficiente, uma outra consideração muito importante é o tipo de água que você bebe.

Muitos instintivamente procuram por garrafas de água, mas há muitas razões para evitar esta opção. Beber de garrafas plásticas de água pode representar sérios riscos para a saúde de produtos químicos industriais, como o bisfenol-A e bisfenol-S (BPA / BPS), bem como os ftalatos, pois há lixiviação do próprio plástico para o conteúdo da garrafa. BPA e BPS são substancia que imitam estrogênio associados a problemas químicos ligados a defeitos reprodutivos, problemas comportamentais, disfunção imunológica e câncer de mama e de próstata. Os ftalatos também são disruptores endócrinos, e têm sido associados a uma ampla gama de efeitos no desenvolvimento e reprodução, bem como o câncer do fígado.

A água engarrafada também custa cerca de 1.900 vezes o preço da água da torneira regular, e pode ou não pode ter recebido qualquer tratamento adicional. Estudos têm demonstrado que 40 por cento da água engarrafada é realmente água da torneira regular com, possivelmente, nenhum tratamento filtragem adicional. Enquanto a Agência de Proteção Ambiental dos EUA (EPA) requer grande fiscalização pública do abastecimento de água para testar contaminantes várias vezes ao dia, a Food and Drug Administration (FDA) exige dos engarrafadores privados que testem contaminantes apenas uma vez por semana, uma vez por ano, ou uma vez a cada a quatro anos, dependendo do contaminante.

Um teste independente realizada pelo Grupo de Trabalho Ambiental (EWG) em 2011(4) revelou 38 contaminantes de baixo nível em água engarrafada. Cada uma das 10marcas testadas continham uma média de oito produtos químicos. Subprodutos de desinfecção (DBPs), cafeína, Tylenol, nitrato, produtos químicos industriais, arsênico e bactérias foram todos detectados. O flúor também costuma estar presente tanto em água da torneira e garrafas de água filtrada.

Muitas águas engarrafadas, na verdade, fazem a adição de flúor na água, por isso, se você está bebendo água engarrafada, verifique se ele está livre de flúor. Por último, mas não menos importante, as garrafas de plástico também causam enormes problemas ambientais por causa do grande volume de resíduos de plástico que eles criam; a falta de capacidade de reciclagem adequada para plásticos; e a quantidade de óleo necessária para o seu fabrico.



Os benefícios de saúde dA "água viva"

A resposta a todas estas questões saúde e ambientais é minimizar ou eliminar o uso de garrafas plásticas de água. A opção mais econômica e ambientalmente saudável que você pode fazer é comprar e instalar um filtro de água na sua casa. E, em vez de garrafas de plástico, use garrafas de água de vidro reutilizáveis, que têm um impacto ambiental muito menor.

A melhor água, no entanto, vem de uma nascente natural alimentados com gravidade. Eu não recomendo beber água destilada regularmente. É muito ácida, e não é recomendada para uso prolongado, embora possa ser benéfico para fins de desintoxicação temporários. O pH ideal da sua água deve situar-se entre 6,5 a 7,5, que é neutra. O que você quer é água pura que é limpo, pH equilibrado, e "vivo".

Água de nascente da montanha é a ideal. Não só tem um pH saudável, mas também é "estruturada" de uma forma que não é bem compreendida. Eu anteriormente entrevistei o Dr. Gerald Pollack sobre este assunto. Ele é um dos principais cientistas do mundo quando se trata de compreender a física de água, e o que isso significa para a sua saúde. 

Seu livro, a quarta fase da Água: Além do estado sólido, líquido e vapor, explica claramente a teoria da quarta fase da água, que é nada menos do inovador.
A quarta fase de água é, em poucas palavras, a água viva. É referido como EZ, água-EZ pé para "zona de exclusão" -que tem uma carga negativa. Esta água pode conter energia, bem como uma bateria, e pode fornecer energia também. Este é o tipo de água de suas células contêm; mesmo seus tecidos extracelulares são preenchidos com água EZ, que é por isto que ele acredita que é tão importante beber água estruturada para ter ótima saúde.


Eu bebo quase que exclusivamente água vórtice, pois me tornei um grande fã de Viktor Schauberger, que fez um trabalho pioneiro sobre vortex, cerca de um século atrás. Dr. Pollack confirma que através da criação de um vórtice em um copo de água, você está colocando mais energia nele, aumentando assim EZ. Água de fontes profundas, tais como águas profundas da primavera, é uma excelente escolha como água EZ que também é criada sob pressão. 

FindaSpring.com (5) é um excelente recurso que pode ajudá-lo a encontrar uma fonte natural nas proximidades. Como um benefício adicional, a coleta de água da primavera normalmente é livre, você só precisa trazer seus próprios jarros. Eu recomendo usar jarros de vidro em vez de plástico, por todas as razões discutidas anteriormente.



Aditivos saudáveis ​​para um toque de sabor

À medida que mais pessoas estão se conscientizando dos perigos dos refrigerantes para a saúde, a indústria de bebidas criou toda uma nova geração de bebidas, as chamadas "águas saudáveis" "funcionais” e aprimorados, fortificadas com tudo, de vitaminas e minerais aos eletrólitos, oxigênio, fibra e até mesmo proteína. Mas se você olhar mais de perto os rótulos, você vai descobrir que eles estão colocando um monte de ingredientes desagradáveis, muitos capazes de causar estragos em seu metabolismo, hormônios e outros processos fisiológicos. Muitos contêm cargas de açúcar, não os tornando melhor do que refrigerante...

Quando você quiser dar uma pitada de sabor, basta adicionar um pouco de limão ou suco de limão na sua água. Como observado em um artigo Huffington Post anterior, (6) água de limão tem mais de uma dúzia de benefícios para a saúde, desde aliviar infecções do trato urinário e constipação, para impulsionar o seu sistema imunológico, limpeza de seu fígado, e melhorar a sua pele.

Pepinos fatiados também podem adicionar um toque refrescante. Se você quiser um toque de doçura, adicione um pouco de Stevia singular ou Luo Han Guo, que estão entre os mais seguros substitutos do açúcar. Como alternativa, basta adicionar uma ou duas gotas de extrato de hortelã  ou algumas folhas de hortelã esmagadas do seu jardim de ervas. Se você quiser um tipo de eletrólito "bebida esportiva", tente água de coco, que é uma rica fonte natural de potássio e eletrólitos. Procure um que não tenha aditivos. Ou escolha um coco fresco, e tire você mesmo.

Para ótima saúde, você precisa de água pura, e em quantidade suficiente.
Basta trocar todas as bebidas engarrafadas açucaradas, pela água pura, pode percorrer um longo caminho para melhorar a sua saúde e seu peso. O valor, no entanto, é algo que você precisa para afinar com base em suas circunstâncias individuais.


Lembre-se de ouvir o seu corpo. A sede é um sinal evidente de que é chegada a hora de reabastecer seus fluidos. Fadiga e mau humor também pode indicar que você precisa beber mais água. Provavelmente a melhor maneira de avaliar suas necessidades de água, no entanto, observe a cor da urina, e a frequência que você urina. Em média, um bom número de idas ao banheiro é de cerca de sete ou oito por dia, e você quer que a cor da sua urina seja um amarelo pálido claro.

Curta MENOS RÓTULOS no Facebook